Apesar do estado lamentável de atualizações do Android para o Froyo, o Google divulgou que 51,8% dos aparelhos com Android já rodam Froyo – graças, em parte, aos vários aparelhos que foram lançados já com essa versão. Mas, assim como antes, a situação no Brasil é diferente.

O Google obtém essa informação coletando a versão do Android com a qual o usuário acessa o Market, e estes são os números referentes aos acessos feitos em duas semanas, até dia 04/01. No geral, o Froyo vem aumentando constantemente, mas o gráfico seguinte revela algo interessante:

Apesar de ter sido lançado no final de junho, o Froyo só ganhou espaço respeitável a partir de setembro, ou dois meses depois; foram mais quatro meses para ser a versão dominante. Só que em dezembro chegou o Gingerbread… Se ele seguir o mesmo ritmo do Froyo, a versão 2.3 deve ser a dominante só em junho!

Isso não no Brasil, né. Aqui a versão 2.2 só chegou com o Milestone 2 da Motorola (enquanto o Milestone 1 segue no aguardo) e no LG Optimus One, o Samsung Galaxy S já pode ser atualizado via PC, e o Nexus One recebeu a versão há tempos. Só, aparentemente. O restante dos aparelhos vem com Android 2.1 ou o velhíssimo 1.5, usado mundialmente só por 4,7% dos usuários – saia dessa triste estatística com ROMs customizadas. Já ensinamos como atualizar seu Dext, Quench e Backflip.

A fragmentação do Android não é um problema tão grande quando visto globalmente, mas certos mercados – como o Brasil – sofrem mais com o problema. Espero que o Google facilite as atualizações do Android no futuro, já que operadoras e fabricantes não nos ajudaram muito até agora. [Android Developers’ Blog via PC Mag via Gizmodo US]