Não contente em oferecer uma cantina repleta de comidas deliciosas, creche gratuita e toda regalia que um funcionário poderia desejar, o Google agora vai substituir o sistema operacional dos funcionários da empresa, tirando o Windows e trocando-o pelo OS X.

O motivo oficial é que eles estão preocupados com os riscos de segurança associados com o uso do Windows – em grande parte devido ao ataque de hackers da China ocorrido no começo do ano. Apesar de não ser uma migração completa para outros sistemas operacionais, os novos funcionários terão apenas a escolha de trabalhar no OS X ou Linux. Quem quiser continuar usando Windows precisa de autorização de "níveis bastante seniores", de acordo com um funcionário anônimo com o qual o Financial Times conversou.

"Mas e o Chrome OS?", você se pergunta. O funcionário disse que "eles querem rodas coisas no Chrome",  mas provavelmente isto ainda não é possível. [Financial Times]