O Google Helpouts é um sistema que ajuda os usuários a aprenderem qualquer coisa, tudo através de videochamadas com especialistas. Até então, ele estava fechado e exigia convites, mas agora todos (com uma conta no Google+) podem usá-lo.

E o que você pode aprender lá? Este cara dá uma força para desenvolvedores de Windows Phone; este aqui ajuda você a entender Shakespeare; e este outro ensina bioquímica e biologia molecular. Mas antes, você precisa aprender inglês, já que ainda não há brasileiros oferecendo Helpouts.

A página do Helpout mostra as qualificações – formação, experiência etc. – de cada treinador; eles são selecionados pelo Google. Também há a disponibilidade e preço: alguns Helpouts são pagos por hora; outros, por sessão. (O Google retém 20% do que o tutor receber.) Também é possível ver as classificações e opiniões dos usuários.

Também há Helpouts gratuitos, geralmente oferecidos por empresas parceiras: por exemplo, o Vigilantes do Peso ensina a controlar sua dieta em festas; e a Sephora ensina a conseguir a sobrancelha perfeita. Mais empresas entrarão no serviço em breve.

Segundo o Google diz em seu blog oficial:

Hoje é apenas o início. Estamos começando em pequena escala e com poucas categorias. O número de pessoas dando ajuda em Helpouts, assim como os tipos de ajuda disponíveis – tudo vai crescer ao longo do tempo. O Helpouts pode não ser adequado para toda ocasião, e vai levar tempo até os usuários se acostumarem com as interações via vídeo em tempo real. Esperamos que a eficiência, conveniência e alcance global do Helpouts torne a vida das pessoas mais fácil no longo prazo.

O Helpouts lembra um produto antigo do Google que fracassou: o Google Answers. Se você tivesse uma dúvida, bastava pagar um valor específico, a partir de US$ 2, para um expert contratado pelo Google respondê-la. No entanto, era possível pesquisar as perguntas já respondidas de graça. O serviço foi desativado no final de 2006, devido a concorrentes gratuitos como o Yahoo! Respostas, mas os arquivos continuam disponíveis.

Será que, com chat em vídeo, a antiga ideia do Google Answers pode funcionar? A ver. O Helpouts requer uma conta do Google+, mas você já deve ter um perfil lá – está cada vez mais difícil escapar dessa rede social. [Helpouts via Official Google Blog]