O Google lançou o Latitude, uma ferramenta do Maps que permite o rastreamento automático de amigos em tempo real, usando laptop, Symbian 60, BlackBerry, Windows Mobile e, em breve, iPhone e Android.

AddFriends1AddFriends2Friend'sProfileMyProfileOptInhideFromFriendHideLocationlistViewPrivacymapViewProfileOptionsSharingRequestPrivacyMapViewfriend_view-600

Laptops e celulares (quando não estão usando GPS) podem determinar sua localização com razoável precisão usando pontos de torres de celular e Wi-Fi com geotag em um banco de dados que o próprio Google montou, talvez enquanto tirava fotos para o Street View. Ou você pode configurar sua localização manualmente. O Google me disse que não há um padrão estabelecido para a frequência com que o mapa atualiza a sua localização. Em vez disso, ele tem um algoritmo que depende da frequência com que o dispositivo é movido, historicamente, e quanta bateria há no dispositivo. Você também pode sair do serviço inteiramente e configurar preferências de uso – se certos amigos seus podem ou não ver sua localização sob qualquer condição ou apenas com precisão em nível de cidade.

O Google diz que o serviço é útil para familiares descobrirem se estão presos no trânsito ou a caminho de casa. Testei o Latitude com algumas pessoas que conheço, mas é difícil dizer se ele é útil para um cara que tem pessoas queridas geralmente em lugares previsíveis. Eu costumo saber onde meus amigos estão, mais ou menos, ou posso descobrir isso mandando uma mensagem. Eu provavelmente usaria esse serviço com mais frequência ao esquiar ou pegar amigos no aeroporto, mas não no dia a dia. Tipo, claro, eu posso desligá-lo, mas será que as pessoas que veem a sua localização a toda hora não suspeitariam se você repentinamente desativasse as permissões ao procurar privacidade?

Por outro lado, talvez seja legal saber quando meu pai está jogando golfe em Hong Kong (sempre), ou quando Lisa está comendo em seu lugar favorito para ramen em Tóquio, ou onde meu irmão está em tour com sua banda. Isso seria interessante, acho. Mas, na maior parte do tempo, a maioria de nós está na frente de nossos computadores. Até que não estejamos. E é aí que entram os clientes de telefones.

A maioria dos telefones será capaz de manter a localização do mapa atualizada em segundo plano. Exceto o iPhone. O que os usuários do iPhone poderão fazer, como uma gambiarra, é travar o telefone com o aplicativo do Google em execução. Isso manterá a atualização ativa até a bateria acabar.

Os telefones com BlackBerry, Windows Mobile e Symbian e os laptops/desktops podem usar o Latitude agora baixando a mais recente versão do Google Maps ou acessando http://google.com/latitude. O iPhone terá o serviço com a versão atualizada do cada vez mais poderoso aplicativo do Google, em breve, assim como o Android.