O Google anunciou um novo serviço chamado Domains, para você comprar e gerenciar nomes de domínio – o primeiro passo para abrir um site com URL própria. Mas a empresa também ajuda a construir seu site, criar endereços de e-mail e gerenciar a hospedagem.

Com o Google Domains, é possível procurar, comprar e transferir domínios da web, seja ele tradicional (terminando em .com ou .org) ou um dos criados recentemente (com .audio ou .dance, por exemplo). O Google já fazia isso desde 2006, mas em parceria com a GoDaddy e eNom; agora, ela está preparando um serviço próprio.

Nele, você também recebe automaticamente 100 endereços de e-mail e até 100 subdomínios personalizados. Os visitantes serão encaminhados através do sistema DNS do próprio Google, para uma conexão rápida e confiável.

Tudo isso é o pré-requisito para abrir um site com domínio próprio. Mas como montar o site? E em quais servidores ele ficará hospedado? O Google não ajudará você diretamente: isso cabe a alguns parceiros, como Shopify, Squarespace, Weebly e Wix.com, e terá um custo adicional.

O Google explica que criou o Domains para ajudar pequenas empresas a expandirem sua presença na web. O registro de domínio não é um processo complicado – no Brasil, pode ser feito pelo Registro.br por R$ 30 anuais – mas a hospedagem e a criação do site podem ser mais desafiadoras. Por isso, o Google reuniu tudo em um pacote só.

E o que a empresa ganha com isso? Ora, isso melhora a base de dados que o Google oferece através da busca, Maps e Google+, tanto na web como em dispositivos móveis.

E, no futuro, a gigante das buscas poderia ser sua única parada para criar sites. Começamos agora com o registro de domínio. A hospedagem não seria um problema: com o App Engine, você já pode fazer isso – e até de graça. O maior trabalho estaria em elaborar uma ferramenta para criar sites: o máximo que a empresa oferece hoje é o Google Sites, decididamente limitado – mas isso poderia melhorar.

O Google Domains está disponível em beta apenas para convidados, e apenas nos EUA, mas pode ser o início de algo muito maior. [Google Domains]