Um garimpeiro fez uma descoberta extraordinária na Austrália, quando encontrou uma pepita de ouro “incrivelmente rara” de 5,5 kg sob apenas 60cm de terra. O valor dessa feliz descoberta: US$ 300.000. E o cara encontrou essa pepita em um lugar onde centenas haviam procurado antes – tudo graças à tecnologia.

A preços de mercado atuais, 5,5kg de ouro valem US$ 298.697. Mas, aparentemente, isto pode chegar a um preço ainda maior por ser uma descoberta muito estranha. Geólogos estão impressionados com ela, que para mim se parece com um chacal uivando.

O garimpeiro anônimo descobriu a pepita em um campo perto da cidade de Ballarat, localizado na Grande Cordilheira Divisória, no estado de Victoria, Austrália, próximo ao Rio Yarrowee. Ela tem 22 cm em sua dimensão mais comprida.

Cordell Kent, proprietário da Ballarat Mining Exchange Gold Shop, disse ao Courier Mail que o garimpeiro ficou chocado com a descoberta, assim como ele próprio: “Ele pensou que tinha detectado a capota de um carro, mas viu um brilho de ouro. Ele limpou a parte superior dela, e o ouro continuou se expandindo e expandindo… ele viu mais e mais ouro… ele não podia acreditar no que estava vendo (…) Nós temos 800 garimpeiros locais em nossos registros. Eu não consigo me lembrar da última vez que vi uma pepita deste tamanho.”

Kent diz que, surpreendentemente, Ballarat ainda está produzindo grande pepitas depois de 162 anos de corrida do ouro. Mas esta pepita é excelente. O garimpeiro a encontrou em um local nas proximidades, onde centenas de garimpeiros haviam procurado antes, o que torna o evento ainda mais surpreendente.

gpx5000

Ele acredita que a diferença pode ter sido o equipamento. O garimpeiro usou um Minelab GPX-5000, um detector de metal de última geração que custa cerca de US$ 5.200. Esta é a descrição fornecida pela empresa:

O GPX 5000 define o novo marco em tecnologia de detecção de ouro. Com uma incrível gama de recursos e funções, o GPX 5000 não só é superior ao seu antecessor, o GPX-4500, como está em uma categoria distinta. Com tecnologias exclusivas da Minelab, como Sensoriamento Multiperíodo (MPS), Tecnologia de Dupla Tensão (DVT) e Alinhamento Inteligente de Sincronismo Eletrônico (SETA), o GPX 5000 tem alta performance e é capaz de encontrar mais ouro do que nunca. De pepitas abaixo de 1 g à evasiva “pepita para se aposentar” e tudo entre elas, com o GPX 5000 você pode encontrá-la.

Novos componentes eletrônicos melhorados, novo Soil/Timings e uma incrível gama de recursos, combinados à capacidade lendária da GPX de mineralização que “vê através do solo”, lhe darão uma vantagem significativa em relação a outros detectores.

Bem, parece que o Minelab GPX-5000 funciona melhor do que a concorrência, de fato. Pelo menos neste caso. Certamente um dos melhores retornos ao investimento já visto.

Pepitas de ouro que quebraram recordes

Embora impressionante e notável, aquele chacal uivando não é a maior pepita de ouro já encontrada. A maior é o Welcome Stranger:

welcome-stranger

Ela foi encontrada por John Deason e Richard Oates em 1869, perto de Moliagul, Victoria, Austrália. Ele tinha peso bruto de 78 kg, e peso líquido de 71 kg. O recorde anterior pertencia ao Welcome Nugget, que também foi encontrado em Ballarat. As pepitas de ouro na Austrália são as mais puras do mundo, “muitas vezes com 23K ou um pouco mais”. [Courier Mail e Wikipedia]