A Consumer Electronics Show (CES) é palco do futuro da alta tecnologia desde 1967. Aparelhos de tradução, sistemas de realidade virtual e até mesmo robôs marcaram a presença nos diferentes pavilhões de exposições por onde a feira passou nas últimas décadas.

Abaixo vemos alguns dos gadgets mais bizarros das CESs do passado. Muitas vezes citamos o evento em Chicago – até meados dos anos 90, a CES tinha uma versão de meio de ano realizada em Chicago, além da tradicional edição de Las Vegas (onde ocorre a de 2014).

Acima: Susan Bach na CES Chicago em 1990, demonstrando o headset Konami LaserScope, projetado para ser usado com jogos do Nintendinho.


Abertura dos portões da CES em 9 de janeiro de 1997

CONSUMER ELECTRONICS SHOW


(Esquerda) Robô B.O.B. (Brains on Board) em demonstração na CES Chicago em 1983. O robô-assistente pessoal era uma grande promessa para o futuro nos anos 80.

(Direita) Uma mulher demonstra um novo jogo para Atari, o Mind Link, em 1984. O dispositivo supostamente captava ondas cerebrais e depois traduzia em movimentos na tela. O acessório jamais foi lançado.

original (1)


“Computador da Bíblia Sagrada”, da Franklin Computers, na CES Chicago em 1989. O dispositivo estava disponível tanto na versão do Rei Jaime quanto na Nova Versão Padrão Revisada.

Patricia Ricalton holds a Holy Bible computer


“Beeper Kid”, da A+H International, um dispositivo de localização de crianças na CES Chicago em 1992. Quando a criança se afastava do aparelho (mais de 10 metros), um dispositivo com os pais deveria tocar.

Compact Radio Transmitters


Óculos de realidade virtual da Virtual Vision Sport, na CES Chicago em 1993.

Brian Durwood


Por que este senhor da Motorola está segurando um cheesburguer perto de um celular na CES Chicago em 1994? Para destacar como era um grande negócio ter um telefone que pesava 110 gramas – ou menos do que um cheeseburguer.

Cellular Phones


Sistema de “realidade virtual” da REALWare chamado Virtual Hoops demonstrado em 1996.

ODONNELL


Robert Minkhorst, presidente e CEO da Philips Consumer Electronics Company, segura um disco de DVD durante a CES Las Vegas em 1996. Os DVDs eram considerados a forma mais futurista de assistir filmes – com capacidade de armazenar até 14 vezes mais dados do que um CD.

MINKHORST


Duas mulheres na demonstração da ITT Night Vision para o dispositivo de visão noturna Night Quest, durante a CES 1996.

WEIJERS PRICE


O Quicktionary da Siko, um scanner portátil para traduzir palavras. Em demonstração, uma versão bem aumentada dele, na CES 1998 em Las Vegas. Ele conseguia traduzir e mostrar cerca de 400.000 palavras.

QUICKTIONARY


Judy Baker, da Plantronics, mostra o headset CT10, um pequeno telefone sem fio durante a CES 2000 em Las Vegas.

BAKER


O Samsung SPH-S1000 era um relógio-celular. Foi apresentado na CES 2001.

SAMSUNG WATCH PHONE


Bill Gates mostrou um Smart Personal Object Technology (SPOT) da Fossil em 2003. Era um relógio de pulso.

Bill Gates, Consumer Electronics Show


A câmera vestível Phillips Key019, em 2004.

PHILLIPS KEY019


Tocadores de áudio e celulares de diversas empresas, em 2005.

CREATIVE

Imagens: Associated Press