Como os gift codes do iTunes são tão fáceis de burlar, os hackers geralmente só conseguem 1% do suposto valor dos seus códigos (assim, um gift code de 200 dólares só renderia 2 dólares). Em um esforço para aumentar esta percentagem, alguns piratas começaram a entrar em contato com desenvolvedores de aplicativos para iPhone, oferecendo a “compra” dos aplicativos deles quantas vezes fosse desejada em troca de 50% do pagamento por compra da Apple.

Este tipo de tática mina o que tem de tão legal na App Store – um Zé Ninguém pode fazer algo que centenas de milhares de pessoas adorarão e fará dinheiro com isso, apenas pelo mérito da criação. Isso é raro na indústria de software, na qual o software é pirateado praticamente por princípio, e seria uma pena ver a App Store corrompida desta maneira. [AppleInsider e Ars Technica]