Hackers sequestraram os sistemas de um hospital em Hollywood e há mais de uma semana exigem uma recompensa em bitcoins para liberação do sistema.

Enquanto isso, tudo está sendo feito na base da caneta e papel lá dentro. Alguns registros de pacientes estão inacessíveis, e alguns dos serviços oferecidos pelo Hollywood Presbyterian Memorial Medical Center não estão na ativa, como tomografias computadorizadas. Alguns pacientes perderam a consulta marcada, outros acabam sendo transferidos para outros hospitais.

Os hackers querem uma quantia bem gorda para devolução dos sistemas internos do hospital: eles exigiram 9.000 em Bitcoins, o que daria algo em torno de US$ 3,6 milhões.

De acordo com Allen Stefanek, CEO do Hollywood Presbyterian Memorial Medical Center, o ataque foi aleatório, e não direcionado especificamente ao hospital. Detalhes sobre como o ransomware invadiu os computadores do hospital e qual a origem dele ainda não foram divulgados, enquanto a polícia tenta traçar as origens do ataque.

[ComputerWorld, Engadget, GrahamCluley]