Na IFA, a Samsung mostrou dois modelos do seu ultrabook “New Series 9″. Um deles já está no mercado, mas na feira ele rodava Windows 8, e possuía gestos específicos para o novo sistema. A outra versão também rodava Windows 8, mas sua tela tinha a incrível resolução de 2560×1440. Testamos os dois.

Em uma área no hall da Samsung, que a empresa chamou de “canto da inovação”, estava um ultrabook aparentemente igual ao New Series 9 que testamos em review. O que havia de diferente? Ora, a tela.

O protótipo espremia quase 3,7 milhões de pixels em sua tela de 13″. A densidade de pixels chega a 225 PPIs, mais que no MacBook Pro com tela Retina de 15″ (220 PPIs). Sua resolução de 2560×1440 levantou a pergunta óbvia: como o Windows 8 se comporta numa densidade de pixels tão alta?

A resposta: os apps Metro/Modern e a tela Iniciar ficam ótimos; a área de trabalho, nem tanto. A Microsoft adaptou o Windows 8 para resoluções altas de tela: os elementos de interface apenas usam os pixels para ficarem mais nítidos, em vez de ficarem pequenos. A tela Iniciar também faz isso.

O laptop provavelmente estava com o mesmo chip gráfico presente no Series 9, que é integrado à CPU. Só que o chip gráfico, com a tela 2560×1440, precisa lidar com muito mais pixels. O resultado: apps Metro não funcionavam de forma tão rápida e fluida, dando leves engasgos ao navegar muito rápido em apps como Notícias e Tempo. Mesmo assim, a maior parte da interface ainda funcionava surpreendentemente bem.

Enquanto isso, na área de trabalho, você precisa configurar manualmente o DPI para 150%, se quiser ir disto…

Para isto:

A área de trabalho fica até utilizável, mas sua aparência ainda não fica muito legal com a tela de 2560×1440 pixels: certos elementos de interface ainda ficam pequenos demais.

Este ultrabook com tela melhor-que-Retina ainda é um protótipo. A Samsung diz que ainda está ajustando alguns detalhes, como a profundidade das teclas do teclado, antes de lançá-lo ao mercado.

Trackpad para Windows 8

Essa resolução de tela não vai chegar tão rápido ao New Series 9, já lançado com tela não-reflexiva de 1600×900. Os gestos do Windows 8, no entanto, chegam em breve.

Como dissemos em nosso review, o trackpad é a melhor parte do New Series 9. Feito pela Elan, ele reproduz vários gestos presentes nos MacBooks: quatro dedos para ver a área de trabalho; três dedos para ver todos os apps abertos; e dois dedos para rolagem inversa (deslizar o dedo para cima faz a lista rolar para baixo, como numa touchscreen).

Na IFA, rodando Windows 8, ele também tinha gestos específicos para o sistema. Deslize do canto esquerdo, e você alterna entre apps Metro/Modern. Deslize do canto direito, e você abre a barra de charms. Em apps Metro, deslize de baixo, e você revela as opções do app.

O trackpad foi a parte que mais me encantou no New Series 9. E você terá os gestos específicos do Windows 8 comprando o OS como atualização, ou já instalado no ultrabook no final de outubro.