Enquanto fazia safári no nordeste da África do Sul, um casal de aposentados testemunhou uma cena angustiante envolvendo um crocodilo e um gnu bastante infeliz. Mas quando as coisas pareciam inevitáveis para a próxima refeição do réptil, algo completamente inesperado aconteceu.

Esta cena notável foi capturada por Mervyn Van Wyk, um aposentado de 72 anos, e sua esposa Tokkie, ao visitarem o Parque Nacional Kruger, uma das maiores reservas de caça da África. Conforme o casal se aproximou de uma margem de rio, eles notaram vários gnus, zebras e impalas pastando do outro lado, então eles viraram o carro para uma posição na qual a Sra Van Wyk tivesse uma visão mais clara para poder capturar algumas fotos.

“O que aconteceu é que notamos um azarado gnu sendo agarrado por um crocodilo em seu casco traseiro direito. Isto começou um jogo de cabo de guerra que durou cerca de oito minutos “, escreve Van Wyk na página do YouTube do Kruger Sightings. “O gnu tentava se arrastar para fora da água enquanto o crocodilo puxava ele de volta. Você podia ver a exaustão que o pobre gnu estava sentindo. Tokkie continuou filmando enquanto eu observava os arredores. Então eu vi o que eu achava que eram mais crocodilos se aproximando, mas depois vi que eram na verdade dois hipopótamos”.

“Eu nunca tinha visto um hipopótamo vir em auxílio de outro animal, foi simplesmente espantoso”.

Como mostra o vídeo, os hipopótamos se aproximaram lentamente da cena e, em seguida, incrivelmente, saltaram para cima do crocodilo, forçando-o a liberar sua mordida mortal do gnu. O animal se aproveitou da situação e escapou, mas parece ter ficado com um casco quebrado. Infelizmente, este animal provavelmente não vai sobreviver.

“Nós não podia acreditar na raridade desta situação”, disse Mervyn. “Eu nunca tinha visto um hipopótamo vir em auxílio de outro animal, foi simplesmente espantoso.”

Uma pergunta óbvia sobre esse episódio é por que dois hipopótamos sequer se preocupam com o membro de outra espécie. Os biólogos evolucionários têm dificuldade em explicar o altruísmo e empatia entre os membros da mesma espécie (o que é referido como seleção de parentesco) e muito menos membros de espécies completamente diferentes, como é o caso aqui. Neste caso, no entanto, o altruísmo provavelmente não tem nada a ver com isso. Hipopótamos são animais territoriais, e eles não gostam de compartilhar seu território. Ironicamente, os hipopótamos provavelmente percebeu a gnus como um intruso, e essa tentativa de “resgate” poderia ter sido um esforço de espantar o mamífero que estava lutando pela própria vida para longe.

[KrugerSightings via NationalGeographic]