Dirigir rápido é ótimo. Receber multas, não. Mas pode ser mais seguro, afinal. E um inglês concorda: ele percebeu que as câmeras de radares de trânsito ajudam a controlar quem precisa de velocidade. Só que ele não usou uma câmera dessas para acalmar os motoristas: ele usou uma casinha de pássaro que parece uma câmera.

A ideia é bem engenhosa. Ian Magee, de 63 anos, criou uma casinha de pássaro simples de madeira com o mesmo tamanho, formato e cor amarela brilhante das câmeras de radares no Reino Unido. (Curiosidade: em Brasília, os radares de velocidade são conhecidos como “pardais”.) Ele esperava que isso fizesse os motoristas respeitarem o limite de 30 milhas por hora (50km/h) na rua dele.

E funcionou! Até as ambulâncias reduziam a velocidade. Enquanto isso, os pássaros e morcegos na vizinhança adoraram a casinha. A natureza ganha, e a sociedade também.

Mas as autoridades estão divididas: Magee deve retirar a casinha ou não? Eu acho que não. A astúcia do Sr. Magee salvou vidas e economizou dinheiro de muitos. Ele está fazendo um favor à comunidade – melhor apenas deixá-lo em paz. [Daily Mail]