A visão da HP: uma frota de impressoras, todas conectadas à nuvem, todas com endereços próprios de e-mail. Nada de drivers, nada de custo extra. Você vai poder imprimir do seu smartphone ou do iPad. Se a impressão tem um futuro, é este.

Não é uma ideia exatamente nova, já que o Google quer fazer impressão baseada na nuvem há algum tempo. Mas agora sabemos que a HP tem uma visão semelhante: milhões de impressoras PhotoSmart conectadas à internet a serem lançadas no fim do ano, por apenas US$99, usando a nuvem para receber e enviar conteúdo.

Os casos de uso realmente parecem convenientes. Você poderá imprimir de praticamente qualquer dispositivo para qualquer impressora, bastando apenas enviar o arquivo para o e-mail da impressora. E essa é uma via de mão dupla: o conteúdo escaneado em um dispositivo da HP (scanner ou multifuncional) pode ser acessado do seu smartphone, tablet, laptop, não importa. Você também poderá agendar impressões diárias ou semanais, e enviar conteúdo para a impressora da sua casa ou do seu trabalho.

Quando o CEO da HP mencionou que eles queriam colocar aplicativos em impressoras, parecia ter selado um destino para o WebOS, sistema operacional móvel da Palm. Em vez disso, eles estão falando do ePrintCenter, basicamente uma app store para impressoras conectadas à web.

E os parceiros que a HP mencionou hoje – Live Nation, Nickelodeon e Yahoo – até conseguiram demonstrar alguns usos de valor. Eu não sei com que frequência eu faria isto, mas imprimir informações e ingressos de shows direto do meu smartphone seria uma opção interessante. E os livrinhos e pôsteres da Dora, desenho animado que passa na Nickelodeon nos EUA, parece ser uma boa ideia pra quem tem filho pequeno.

Mas depois ficamos com algumas perguntas. Será que dar um endereço de e-mail não vai nos levar a uma era de spam nas impressoras? E apesar de ser bom ter essa liberdade para imprimir, quantas vezes nós vamos precisar disso? Claro, podemos enviar esses documentos do smartphone para a impressora, mas não seria melhor enviá-lo para outro smartphone? Ou para um tablet, ou para um computador?

Claro, isso são pequenas ressalvas sobre o futuro. Todo mundo vai continuar imprimindo bastante quando a HP ePrint chegar ao mercado no fim do ano. E quando chegar, a experiência será integrada, como queríamos que fosse. [HP]