No começo da semana Hugo Barra anunciou que estava deixando o cargo de vice-presidente de operações globais na Xiaomi para “embarcar em uma nova aventura” no Vale do Silício. A nova aventura é a liderança da divisão de realidade virtual do Facebook. O anúncio do novo cargo foi feito pelo CEO Mark Zuckerberg num post na rede social.

• O que a saída de Hugo Barra da Xiaomi significa para a marca no Brasil
• Nossos corpos não estão prontos para a realidade virtual

Hugo Barra será o vice-presidente de realidade virtual no Facebook e ficará responsável por produtos como o Oculus VR. A chegada do brasileiro representa um passo importante na tentativa de tornar a tecnologia mais acessível. “Como engenheiro, a maior função é fazer desenvolvimentos tecnológicos chegarem rapidamente para a maior quantidade de pessoas possível e essa será a minha missão no Facebook”, disse Barra num post no Facebook. Na Xiaomi, ele foi o responsável por tornar a companhia global e levar a startup chinesa a diversos mercados.

Antes de trabalhar na startup chinesa, Barra estava no Google, onde era vice-presidente de gerenciamento de produtos da divisão do Android. Nas duas companhias, ele se envolveu com alguns projetos relacionados à realidade virtual.

Estou animado por Hugo Barra se juntar ao Facebook para liderar todos os nossos esforços de realidade virtual, incluindo a equipe da Oculus. Hugo está na China agora, então estamos juntos por meio da realidade virtual. Parece oportuno.

Conheço Hugo há muito tempo, desde quando ele ajudou a desenvolver o Android. Nos últimos anos ele trabalhou na Xiaomi em Pequim levando dispositivos inovadores para milhões de pessoas.

Hugo compartilha a minha convicção de que a realidade virtual e a realidade aumentada serão a próxima grande plataforma de computação. Elas nos permitirão experimentar coisas totalmente novas e sermos mais criativos do que nunca. Hugo vai ajudar a construir esse futuro, e eu estou ansioso para tê-lo em nossa equipe.