A impressora Confession Machine, de Liat Segal, não foi projetada para imprimir relatórios e documentos no trabalho, a não ser que você realmente queira criar um escritório sem papéis. É que, em vez de tinta ou toner, a criação de Segal usa uma matriz de 16 LEDs ultravioleta para “imprimir” mensagens em uma superfície estática coberta com tinta fotossensível que vira um azul brilhante conforme a cabeça de impressão passa por cima – mas apenas momentaneamente.

ku-xlarge (20)

Mas por que imprimir essas coisas temporárias? A criação de Segal foi projetada para imprimir confissões íntimas e anônimas que foram reveladas em diversas redes sociais diferentes. Ao torná-las públicas, é como se a pessoa admitisse os erros – então não é mais algo incomodando a cabeça delas. E, quando as mensagens desaparecem, é como se os erros fossem ativamente perdoados e esquecidos. Se os tribunais aceitassem o uso dessa tecnologia…  [Sweet Tech Studio via Notcot]