A Intel liberou uma tabela detalhando o que a próxima geração de ultrabooks poderá trazer, dando belas dicas sobre como essas máquinas serão.

Por exemplo, o conector VGA não caberá na finíssima lateral do notebook de 15 mm e no que toca a memória, haverá espaço para um drive “super slim” de 2,5″. A versão mais fina também não terá “soluções de temperatura padrão” ou as grandes baterias 18650. Claro, há mais espaço para respirar na medida em que os ultrabooks aumentam de tamanho, para 18 mm e 21 mm, que poderiam ser mais poderosos sendo mais ou menos do tamanho de um notebook fininho.

As tabelas (abaixo) usam cores como códigos, com o verde se referindo ao que funcionará, amarelo como um “não deve” a menos que modificações sejam feitas e o vermelho significando que aquele componente não caberá. É importante notar, ainda, que a Intel chama isso de “estimativa de engenharia”, o que significa que as máquinas de verdade possam ser diferentes do que está listado ali. E dado o histórico de não cumprimento das especificações pelas fabricantes do padrão ultrabook (que cada vez mais parece ser uma jogada de marketing sem muito controle ou critério), não surpreenderá se a próxima leva deles fugir bastante dessas prováveis características. [CNet]