Star Wars: Uma Nova Esperança estreou nos cinemas em 1977 – o mesmo ano em que a Apple saiu de uma garagem para um prédio de escritórios e que a Microsoft contratou seus primeiros funcionários. E os computadores comerciais estavam começando a aparecer pra valer em séries e filmes populares.

Dino Ignacio – que, como um leitor apontou, é um lendário designer de interfaces para jogos – tomou para si a missão de assistir ao clássico e recortar toda cena em que um personagem interage com uma interface, baseada em hardware ou software. Toda vez que alguém usou “máquinas, portas, telas, alavancas, knobs e botões,” nas palavras de Ignacio, está incluída nesta colagem maravilhosa.

Além de ser uma forma divertida de rever o filme, é um exercício revelador. Naquele momento as interfaces gráficas de usuário, ou GUIs, estavam prestes a chegar aos consumidores finais. O Lisa, da Apple (o primeiro computador a trazer uma GUI ao sistema operacional) seria lançado dali a dois anos. Mas graças a empresas como a Xerox, que foi pioneira nas interfaces baseadas em gráficos, o conceito já era familiar para o público.

GIF Luke

George Lucas claramente imaginava o que poderia ser feito com as interfaces de usuário do futuro. Veja o vídeo acima, vale a pena. [Vimeo]