Tudo começou há mais de um ano, na praia de Zandvoort, na Holanda. O primeiro deles apareceu enterrado na areia com mais de 2,5m, sem nenhuma explicação. Agora, surge o segundo, deitado na areia e medindo mais de 1,8m, na cidade de Brighton, Inglaterra. Senhores, é hora de pegar nas armas e parar esta invasão antes que seja tarde demais. A raça humana pode estar em risco. Ou então isso é algum protesto/propaganda viral sobre alguma coisa que a gente não sabe ainda, e aí não tem problema nenhum. A angústia da dúvida permanece… [Daily Mirror via G1Valeu, Rafael]

[O primeiro, em Zandvoort]