Desde 16 de julho de 1969, os foguetes que lançaram a Apollo 11 para a Lua estão no fundo do oceano Atlântico. Jeff Bezos, CEO da Amazon, fez questão de trazê-los de volta e agora, graças ao seu trabalho duro e sua fortuna, eles estão vendo a luz do dia pela primeira vez em décadas.

Bezos e sua equipe conseguiram localizar os foguetes no ano passado, mas agora eles trouxeram a sucata histórica para a superfície. Os pedaços foram recuperados com a ajuda de veículos de operação remota amarrados ao navio e trabalhando a profundidades de mais de 4 quilômetros. De acordo com Bezos, a coisa toda tinha uma aparência espacial apropriada. Ele diz no anúncio:

Nós fotografamos muitos belos objetos no local e agora recuperamos muitas das peças principais. Cada pedaço que trazemos para o convés me remeta a centenas de engenheiros que trabalharam juntos na época para fazer o que por muito tempo parecia impossível.

A restauração vai estabilizar o hardware e evitar futura corrosão. Nós queremos que o hardware conte a verdadeira história, incluindo a reentrada a 8 mil km/h e o impacto na superfície do oceano. Estamos animados em colocar esse hardware à mostra onde ele provavelmente vai inspirar algo incrível.

E não apenas esses pedaços de sucata são historicamente significados, eles também são belos de certa maneira. Em certo ponto, você poderá ver eles à mostra, mas por enquanto precisamos nos contentar com imagens. [Bezos Expeditions]

original (1) original