O Nintendo 3DS terá uma câmera 3D, duas telas com formato diferente, um sensor de inclinação e será bem mais poderoso do que os portáteis atuais, segundo nossas informações.

Um esboço de um 3DS feito por um blogueiro chinês, que afirma ter o kit de desenvolvimento do 3DS, bate com outras notícias e informações que o Kotaku ouviu de pessoas bem próximas ao novo video-game da Nintendo. Juntando todos os dados, isto é o que o Kotaku imagina que seja o próximo grande passo da Nintendo.

A tela

O esboço mostra um 3DS que compartilha o design em forma de concha com duas telas do DS original de 2004, formato já esperado, já que a Nintendo havia confirmado que os jogos do DS rodarão no 3DS. Mas o novo 3DS tem uma tela maior na parte superior, possivelmente um display fabricado pela Sharp capaz de exibir imagens saltando em três dimensões. A tela debaixo do 3DS tem a mesma forma e configuração da tela sensível ao toque inferior do DS original. Essa proporção de telas bate com um placa de circuito interno do 3DS que a Nintendo enviou à FCC.

Em seu relato, o blogueiro chinês diz que “o efeito da tela [3D] é impressionante.” O blogueiro menciona outras características, incluindo uma função de decodificação de MP3/ACC no hardware do aparelho e um media player embutido.

Procurada para comentar sobre essas funções, a Nintendo of America enviou uma resposta dizendo que a “Nintendo não comenta rumores e especulações.”

O Kotaku procurou a Sharp também, mas não obteve nenhuma resposta.

Mas esse excesso de detalhes espalhados pela internet nos fazem lembrar que, na era de iPhones perdidos, os segredos das fabricantes de hardware estão cada vez mais difíceis de se guardar. No anúncio oficial, os detalhes finais costumam surgir, como já aconteceu com o Xbox 360 e o Kotaku em 2005.

Uma câmera surpresa?

O esboço chinês aumenta nossa confiança de que o 3DS incluirá câmeras, como fazem os periféricos do DSi e do DSiXL. Um retângulo próximo dos botões direcionais no esboço representariam as câmeras 3D feitas pela Sharp que já foram comentadas no último mês como possível novidade no novo portátil da Nintendo. Elas podem ser utilizadas para capturar imagens em 3D ou para detectar movimentos do jogador.

No press release, a Sharp disse o seguinte sobre a câmera:

No futuro, a Sharp abrirá um novo mercado 3D baseado na tecnologia das telas 3D, incluindo pequenas e médias telas de LCD com capacidade 3D, assim como aparelhos secundários em 3D, como módulos de câmeras.

Outras partes

O Nintendo 3DS, nos confidenciaram, usará um formato propietário de entrada para jogos específicos do video-game. Nós acreditamos que os novos jogos do 3DS caberão num cartão de memória do tamanho de um cartão Compact Flash e que o sistema aceitará tanto os jogos novos quanto os antigos de DS, possivelmente usando a mesma porta.

Nós não acreditamos que o 3DS terá um controle analógico, deixando o controle apenas nos botões direcionais e/ou na tela sensível ao toque.

Nós esperamos que o 3DS tenha algum tipo de sensor de inclinação ou um acelerômetro, informação que na verdade já foi confirmada pelo presidente da Nintendo, Satoru Iwata, apesar da companhia tentar fugir da informação mesmo depois de ela ter sido publicada num grande jornal japonês.

As especificações oficiais do 3DS serão reveladas na terça-feira, durante a apresentação da Nintendo na E3.

Rumoes que indicavam que a potência do portátil seria próxima do Xbox 360 ou do PlayStation 3 parecem exageradas, mas fontes da indústria dos games e familiarizadas com o 3DS disseram ao Kotaku que o modelo é de altíssima capacidade. Ele pode ter a mesma potência do Wii.

A expectativa aumenta

A expectativa sobre o novo sistema aumentou muitos nos últimos dias. Nessa semana, o chefe da EA, John Riccitiello, teria dito numa coletiva de imprensa que viu um 3DS e o achou “maneiro”. Embora esse tipo de elogio possa parecer puro hype antes da E3 começar, a louvação de Riccitiello sobre o 3DS ecoou pelas muitas fontes dentro do mercado de games que o Kotaku entrou em contato. Eles não revelam o que a máquina pode fazer, mas confirmam que a Nintendo tem algo realmente especial preparado. A expectativa parece diferente do que na época do lançamento do DS há seis anos, um portátil que foi visto com muito ceticismo por muitos criadores de jogos, além de muita confusão sobre suas capacidades e uma subestimada visão da potência do sistema em comparação ao seu rival direito, o PlayStation Portable. Seis anos depois, parece que a novidade da Nintendo será bombástica, com muito mais pinta de ser impressionante do que simplesmente estranha.

A E3 de 2010 parecia ter como atores principais o lançamento do Projeto Natal do Xbox 360 e do PlayStation 3 Move, com o ressurgimento dos jogos controlados por gestos. Mas parece que o 3DS, com algumas surpresas, pode realmente roubar cena.

Nota: a imagem no topo desse post é um desenho feito pelo Kotaku com todas nossas informações sobre o novo Nintendo 3DS.