Modern Warfare 2 é um dos jogos que mais tem recebido atenção de todo e qualquer veículo de mídia nos últimos tempos. Sendo assim, o exagerado óculos de visão noturna que vem de "brinde" na exageradamente cara Prestige Edition do jogo (US$ 150) pareceu bem adequado quando foi anunciado. Mas será que vale os 90 dólares extras? E por que esse óculos é tão familiar?

O que você ganha pela grana extra:
– Uma caixinha bacana de metal
– Um art-book de 34 páginas do tamanho da caixa do jogo
– Um código para baixar o primeiro Call of Duty de graça para o seu console
– Uma suporte plástico numerado em formato de cabeça para exibir seu óculos
– Um óculos de visão noturna funcional e temático do jogo, feito pela Jakks Pacific

Jakks Pacific. A mesma empresa que produz os óculos EyeClops Night Vision vendidos nas lojas de brinquedos. Originalmente lançados por US$ 90, agora você consegue comprar um par desses por US$ 50 na Toys R Us.

Os dois modelos de óculos parecem ser da mesma qualidade, suportando tanto visão de curto e longo alcance. Os dois alegam que você pode ver objetos no escuro a até 15 metros. A maior diferença é a aparência física dos dois.

O EyeClops é mais redondo, parecendo um conkunto de olhos de inseto, o que o faz parecer mais um objeto vindo de um filme sci-fi do que algo para uso militar.

Já os óculos do Modern Warfare 2 foram redesenhados para serem mais parecidos com um par real. Eles também têm um botão que permite a troca entre a visão em tons de cinza ou a clássica visão esverdeada.

Apesar das diferenças, os dois oferecem a mesma sensação quando você está com eles. E apesar de funcionarem para ver coisas no escuro, eu não consigo imaginar nenhum dos dois sendo útil para propósitos criminosos / pervertidos / sem noção. Eles são apenas brinquedos, no fim das contas.

A melhor parte pra quem comprou a edição especial do MW2 vai ser deixar o óculos bonitão em cima da mesa, montado na cabeça plástica. Apesar de não parecerem definitivamente reais, eles são bem bonitos.

Por isso eu acho que talvez a Activision devesse ter feito a coisa diferente, investindo em óculos não-funcionais, mas que parecessem ainda mais reais na mesa de alguém, em vez de um que funcione como um brinquedo e tenha uma aparência apenas semi-real.