Menos de dois meses depois do anúncio global, a LG lançou no Brasil o G3, novo smartphone de topo de linha da fabricante coreana. O preço sugerido é de R$ 2.299 — menos que os valores sugeridos no lançamento para o Sony Xperia Z2 e Samsung Galaxy S5.

O principal atrativo do aparelho é a tela: as 5,5 polegadas de LCD IPS têm resolução Quad HD — são 2560×1440 pixels, o que da uma densidade de pixels de 538ppi. É uma tela realmente bonita, e você teria que se esforçar muito para ver os pixels individualmente. Mas, como notamos em nosso hands-on, a tela não tem a mesma saturação de uma Super AMOLED.

O resto das especificações técnicas também não desaponta: o G3 vem equipado com um Snapdragon 801 quad-core de 2,5GHz,  2GB de RAM e câmera de 13 megapixels com foco automático por laser.

IMG_1719 IMG_1725

O aparelho roda um Android 4.4 KitKat bastante alterado pela LG. Ícones, tela de notificações, páginas de configurações, teclado: tudo isso e mais um pouco foi mudado pela fabricante – e o resultado ficou bacana.

Os adicionais vão desde firulas — um gesto de abrir e fechar a mão dispara um timer da câmera frontal, para você tirar sua selfie — até algumas funcionalidades bem úteis, como dividir a tela para rodar dois apps ao mesmo tempo, uma lista de atalhos para aplicativos na área de notificações, ou o Knock Code, que permite que o usuário ligue e desbloqueie a tela com uma sequência de toques em diferentes áreas da tela.

IMG_1723

Mesmo com uma tela avantajada — 5,5 polegadas é mais que o Samsung Galaxy S5 (5,1) e o Sony Xperia Z2 (5,2) –, o G3 não parece tão grande assim. Quase não há bordas na parte frontal (76,4% da área da frente do aparelho é tela, segundo a LG), o que, no pouco tempo em que testei o aparelho, parece facilitar bastante o uso com uma mão só. A traseira curvada dá mais conforto na hora de segurar o aparelho.

A parte de trás abriga os botões de volume e bloqueio de tela. Não é uma novidade do G3, mas parece dar mais firmeza do que ficar procurando esses botões na lateral do aparelho.

LG G Watch

IMG_1728

A LG aproveitou o evento realizado em São Paulo na noite de ontem para anunciar mais produtos. O smartwatch LG G Watch, outro que foi anunciado há pouco tempo, também chegou ao Brasil. Com preço sugerido de R$ 699, ele é o primeiro dispositivo com Android Wear a ser lançado por aqui.

Em nosso hands-on, notamos que ele é bem leve e confortável. A tela LCD perde um pouco em luminosidade e cores em relação ao display AMOLED da Samsung, e é difícil vê-la sob luz forte. Reviews apontam que a bateria dura pouco: os primeiros dispositivos Android Wear precisam ser recarregados todo dia após uso moderado. E o sistema em si, que prometia combater o excesso de notificações, ainda não tem controles refinados para tanto.

Mas para quem é early adopter e quer experimentar o Android no pulso, ver o G Watch lançado tão rápido no Brasil é uma boa notícia. E o preço está relativamente próximo aos US$ 229 (cerca de R$ 500) cobrados nos EUA.

Tablets

As outras novidades são os novos tablets da linha LG G Pad. São três modelos, com telas de 7, 8 e 10,1 polegadas. Todos eles vêm com processador Snapdragon 400 quad-core com 1,2GHz de clock, 1GB de RAM, câmeras de 5 megapixels na traseira e 1,3 megapixels na frente e Android 4.4 KitKat.

Os modelos de 7 e 10,1 polegadas devem chegar já esse mês nas lojas, enquanto o de 8 (que tem uma versão 4G, inclusive!) deve aparecer no mercado apenas em agosto. Os preços sugeridos são bem atraentes: R$599 (7 polegadas), R$799 (8 polegadas) e R$1.099 (10.1 polegadas).