Um monte de gente teve dificuldades em acessar o Gmail hoje. A queda foi apenas mais uma de várias ocorridas em nosso webmail favorito. Apesar disso, você não precisa parar de acessar seu email e fazer suas coisas quando elas acontecem. Veja aqui como acessar o Gmail mesmo quando ele estiver inacessível via gmail.com.

Acesse o Gmail via modos alternativos

Link para Gmail em HTML básico.O fato de a interface web do Gmail ter caído não significa que o Gmail inteiro está offline — geralmente você continua com acesso usando uma das interfaces web alternativas, as quais em geral costumam permanecer de pé quando a padrão não está.

Na sequência daremos uma olhada rápida em cada método alternativo, um por vez, do mais simples ao mais complexo. (As soluções mais complexas são melhores a longo prazo, enquanto as mais simples são provavelmente as mais simples caso o Gmail caia e você não esteja preparado para isso.)

Tente o HTML puro

Gmail em HTML: ruim, mas funciona.A sua melhor aposta é salvar nos bookmarks o endereço da versão básica em HTML do Gmail (ou então salvar este post), de modo que você consiga alternar rapidamente para esse modo caso o Gmail convencional esteja com dificuldades em carregar. Ela não tem todas as comodidades da versão regular do Gmail, mas permite fazer tudo numa boa.

Use o modo seguro

Se você usa um monte de recursos do Gmail Labs, você talvez descubra que alguns deles entram em conflito uns com os outros ou possivelmente fazem o Gmail parar de funcionar. Você pode usar o link para o Modo Seguro para desabilitar todos os recursos do Labs e, com sorte, ter o Gmail funcional de volta. Simplesmente visite este link: http://mail.google.com/mail/?labs=0. Alguns recomendam usar a versão antiga ou a que ignora a verificação do navegador, mas elas não permitirão acessar as configurações do Labs.
Gmail móvel.

Use a versão móvel

Você pode acessar a versão móvel para smartphones do Gmail a partir de um computador convencional, lembrando que ela é mais simplificada e carece de alguns recursos. A versão básica em HTML lhe servirá melhor, mas por via das dúvidas, aqui está o link para a móvel.

Use o gadget do iGoogle

Gmail no iGoogle.Recebemos inúmeros comentários e emails de leitores durante a queda do Gmail informando que o excelente gadget do Gmail para o iGoogle geralmente continua funcionando nesses casos. Se você não for um usuário do iGoogle, ainda assim dá para usar apenas o gadget do Gmail através deste link.

Use o Gmail offline

Acesso offline ao Gmail.Se você ainda não deu uma olhada no novo acesso offline ao Gmail, ele é uma boa pedida para qualquer um que dependa do acesso ao Gmail. Com ele, dá para continuar usando o serviço independente de o Gmail estar online ou não, ou mesmo quando a sua conexão não estiver disponível. Não é perfeito, pois ele não armazena todo email que estiver em sua caixa de entrada localmente, mas ele guarda o bastante para ser considerado uma ótima solução.

Acesso o Gmail via IMAP/POP3

Gmail no Thunderbird.Durante a última queda do Gmail, o acesso via IMAP e POP3 não foi afetado em nada, então aqueles que usam um cliente desktop ou móvel para acessar suas contas continuaram capazes de enviar e receber mensagens sem sequer saber que havia algum problema. Mesmo que você use a interface web como acesso primário à sua caixa de entrada, é uma boa ideia manter uma instalação do Thunderbird configurada para acessar seu email via IMAP rapidamente.

Já detalhamos em um guia completo como configurar o Thunderbird para ser o cliente IMAP definitivo para o Gmail, mas desde então a configuração do serviço no programa teve seu processo bastante facilitado, requisitando apenas alguns cliques na configuração de contas. Se você é usuário do Outlook, você pode seguir esse outro detalhado guia sobre como configurar o Gmail via IMAP no Outlook 2007. Se você tem um smartphone, a ajuda do Gmail tem instruções de configuração em basicamente todos os smartphones com suporte a IMAP. Se você quiser colocar suas credenciais nerds à prova, pode até mesmo acessar o Gmail via linha de comando.

Prepare-se para a próxima queda

Backup do Gmail.Não é preciso que o Gmail capote no mundo inteiro para que seu acesso seja cortado — a sua conexão à Internet pode cair, ou sua conta ser desabilitada. Em qualquer caso, é uma boa manter um backup como precaução para o pior.

Já cobrimos várias maneiras de se fazer backup do Gmail, começando pela óbvia solução de usar o Thunderbird para isso via acesso POP, mas há outras formas como o Fetchmail no Windows, usar o MailStore ou outro serviço de email como espelho.

Qual gambiarra para acessar o email, caso tenha usado alguma, funcionou contigo na queda de hoje do Gmail? Deixe-nos saber nos comentários.

O How-To Geek explica a tecnologia que os geeks adoram. Receba atualizações diárias no Twitter ou Facebook.