O centro de entretenimento que você tem em casa pode ser incrível, mas não te ajuda muito quando você está na casa do seu amigo e desesperado para assistir o final de Game of Thrones, dar umas voltinhas no Mario Kart, ou escutar uma banda nova que você descobriu. Eis aqui como você pode transformar seu dispositivo Android em um centro de entretenimento portátil incrível usando apenas alguns apps e um adaptador mágico.

Neste post nós iremos pegar o seu dispositivo Android e transformá-lo em um centro de entretenimento portátil que pode fazer todas as coisas legais do vídeo acima. Nós iremos montar um sistema que pode tocar e fazer streaming das suas músicas e vídeos, funcionar como um arcade retrô e receber dados de um controle de videogame. Quando tiver terminado, você será capaz de ligar seu dispositivo Android em qualquer televisão com uma entrada HDMI, então é como se você estivesse levando seu centro de entretenimento caseiro para onde quer que você vá. Toda vez que eu estou com amigos e nós queremos assistir um filme ou programa de TV que não temos, ou quando não temos nada pra fazer, eu tenho a solução na mochila. Depois de um minuto, está tudo pronto. É ridiculamente fácil.

O que você irá precisar

- Um aparelho Android ou tablet com um processador relativamente rápido. (Se ele conseguir rodar arquivos MKV 720p, provavelmente já é bom o suficiente.)

- Um adaptador HDMI para o seu dispositivo (como este aqui para o Samsung Galaxy Tab).

- Um cabo HDMI (se os seus amigos não tiverem um cabo sobrando)

- Plex para Android, e alguns outros apps que discutiremos depois.

- Opcional: Um Controle Wireless Sixaxis da Sony (o que eu prefiro) ou um Wiimote para jogar games e/ou controlar seu dispositivo à distância.

Então, quanto tudo isso irá custar? Existe uma chance razoável de que você só irá precisar de um adaptador HDMI, que custa US$20-30 (o preço varia bastante no Brasil, mas é possível encontrar a partir de R$80), e o Plex, que custa US$5. Se você não tiver um controle de videogame, você pode comprar um por US$30-50 (no Brasil por R$100-150). De qualquer maneira, o custo vale a pena.

Passo um: Teste o seu adaptador HDMI

Esta parte é fácil se você já tiver conectado um cabo antes. Simplesmente conecte o adaptador HDMI para no seu dispositivo Android, então conecte a saída do adaptador HDMI à entrada HDMI da sua TV. Na maioria dos casos, é só isso que você vai precisar para ver seu tablete na tela.

Em alguns casos, você pode precisar de um pouco mais de esforço para as coisas funcionarem direito. No caso do meu tablet – um Samsung Galaxy tab – eu também precisei conectá-lo à tomada. Ele fornece uma entrada adicional para conectar um cabo USB de energia. Assim que eu fiz isso, o tablet começou a mandar o vídeo para a televisão. Outros dispositivos podem ter leves variações, então verifique o manual do seu adaptador se você estiver tendo problemas.

Passo dois: configure o Plex para fazer streaming de suas mídias

Plex é um software fantástico para gerenciamento de mídia. Ele é baseado no software open source XBMC e, em minha opinião, é uma enorme melhora. Ele agora roda no Windows, Linux, OSX, iOS, e – é claro – Android. Ele é grátis no desktop, mas custa US$5 para comprar no seu dispositivo Android, o que é um valor bem razoável. Se você quiser fazer streaming de mídias na sua casa, é o melhor app para o trabalho. Para começar, faça o download. Você também irá precisar fazer o download e instalar o Plex para o desktop. Se você já estiver usando o XBMC, ou simplesmente não quiser ele completo sempre ativo no seu desktop, você pode instalar o Plex Media Server ao invés disso. Você poderá escolher qual quer baixar na página de downloads do Plex depois de selecionar seu sistema operacional.

O legal do Plex é que para configurar você só precisa criar uma conta e logar em todos os seus dispositivos (incluindo computador desktop). Isso deixa muito fácil conectar remotamente sem nenhuma configuração avançada. Dito isto, se você quiser fazer isso do jeito antigo (por exemplo, redirecionamento de portas) ou só quiser algumas instruções bem detalhadas, nós temos um guia para te ajudar. Qualquer que seja o jeito que você escolher, quando tiver terminado você será capaz de fazer streaming de mídia da sua casa para o seu dispositivo.

Problemas na qualidade da imagem? Eis aqui como resolver isso

Um problema que você pode encontrar é qualidade baixa de streaming. Nos meus testes, o Plex deixou o padrão como a pior qualidade possível, mesmo que o meu computador fosse rápido o suficiente para codificar HD em tempo real e minha conexão de internet conseguisse enviar grandes quantidades de dados. Para resolver esse problema, vá para as configurações do Plex no seu dispositivo Android. Você encontrará algumas configurações para qualidade de streaming. O Plex irá deixar como padrão detectar qualidade automaticamente, mas você pode dizer a ele para sempre usar um bit rate em particular. Fazer isso ajudou algumas pessoas a conseguirem qualidade melhor, mas não funcionou para mim. Eu resolvi o problema indo nas configurações avançadas do Plex e forçando-o a usar “Direct Play”. A qualidade da imagem ficou linda depois disso.

Passo três: Configure seu arcade retrô

Um dos benefícios da plataforma Android é o número de emuladores de jogos retrô disponíveis para ele. Além disso, você tem acesso a vários aplicativos que irão permitir que você se conecte a vários controles sem fio para realmente jogar estes games. Nós iremos falar sobre os controles no próximo passo, já que eles também podem ser usados para controlar seu dispositivo de longe, mas por enquanto nós iremos apenas adicionar o arcade.

Emulação em dispositivos móveis pode ser bem específica, então se você quiser instruções detalhadas leia nosso guia completo. Dito isto, instalar alguns emuladores é bem simples. Eis aqui uma lista dos nossos favoritos para Android:

Uma vez que você tiver o emulador, você pode encontrar jogos em sites como EmuParadise e CoolROM. Apenas coloque os games no seu dispositivo Android (ou no cartão SD) e você poderá jogá-los no emulador.

Passo quatro: Emparelhe um controle

Mesmo que você não esteja planejando jogar videogames, emparelhar um controle sem fio é realmente útil para controlar seu celular Android ou tablet do sofá. Você provavelmente não quer levantar para pausar o filme, fazer ajustes ou navegar para outro app. Você pode mapear os botões do controle de vídeo game para o teclado do android para que você possa facilmente enviar comandos de longe.

Apesar de eu preferir um Controle Sixaxis da Sony porque ele tem mais botões e é mais confortável de segurar, um Wiimote também vai funcionar. Você pode conectar até quatro do mesmo tipo de controle (e, supostamente, uma combinação de ambos), mas você só precisa de um para fazer o serviço. Se você estiver visitando um amigo e ele tiver alguns controles sobrando, você pode emparelhar temporariamente esses também.

Para emparelhar controles, o melhor é fazer root no seu dispositivo. Apesar de existir alguns apps para wiimote que não exigem acesso root, eles não são tão bons e não tem essa opção para os controles da Sony. Se você quiser emparelhar um Wiimote (ou quatro) você precisará baixar o Wii Controller IME. Ele custa US$3, mas é uma das melhores opções. Você pode usar até quatro Wiimotes, e o app funciona com o Classic Controller e o Nunchuck também, e facilmente mapeia os botões para outros controles no teclado. O Sixaxis Controller (US$2) faz essencialmente a mesma coisa para controles sem fio da Sony que foram projetados para o PS3. Emparelhar um desses controles dá um pouco mais de trabalho inicialmente, já que você tem que conectar ao seu computador via USB e usar uma ferramenta de emparelhamento para configurar, mas uma vez que você tiver feito isso, estará pronto – ele permanecerá emparelhado ao seu dispositivo até que você escolha resetá-lo. Entretanto, o Controle Sixaxis não funciona em todos os dispositivos Android, então certifique-se de rodar um verificador de compatibilidade antes de comprar o app.

Uma vez que você tiver configurado o controle, você será capaz de atribuir letras à botões na interface. No Wii Controller IME você pode fazer isso clicando no botão Mapping. No Sixaxis Controller você pode fazer isso clicando no botão padrão de configurações do Android, escolhendo Sixaxis Settings, Keyboard Emulation e então em Key Mappings. Em ambos os apps, você apenas seleciona o controle que quer mapear, escolhe um botão, e insere a tecla que quer atribuir a ele. Eu recomendo mapear os botões de start e select para enter e home (respectivamente) e configurar um dos gatilhos como voltar. O direcional deve ser mapeado como as setas direcionais. Todo o resto fica a seu critério. Fazer essas escolhas específicas permitem que você navegue pela sua tela inicial e apps do sofá. Quando você estiver de fato jogando algo, suas escolhas de botão não irão fazer tanta diferença. Entretanto, quando você usando um tablet à distancia, eles irão fazer uma grande diferença.

Passo cinco: Mais mídia

Tecnicamente, você está pronto. Você configurou um centro de entretenimento de mídia e um arcade que pode levar para qualquer lugar e que você pode usar com o controle que preferir. Isso é ótimo, mas você pode levar seu dispositivo atém.  Para começar, se você você pode sempre copiar seus arquivos diretamente do seu dispositivo para tocá-los loucamente. Você sempre pode adicionar apps como Netflix, Rdio, Google Music, Spotify ou qualquer outra coisa que quiser. O Android é repleto de toneladas de apps que podem se beneficiar de estar ligados à uma televisão ou sistema de home theater. Você pode até mesmo instalar Skype para vídeo conferência na telona. Como tem tantos apps por aí, você tem toneladas de opções. Com este setup básico pronto, tudo que você tem que fazer é adicionar o app de sua escolha e ele se tornará parte de seu centro de mídia portátil em segundos.

Foto por XYZ (Shutterstock).