Querido Lifehacker,

Estou montando um computador e realmente queria pegar um SSD como vocês vivem recomendando, mas eles são muito caros. Eu provavelmente posso bancar um SSD de 60GB ou menos, mas isso parece pequeno demais para caber qualquer coisa – mesmo sem minha pasta de usuário, meu drive C: atual ocupa cerca de 70GB. É possível aproveitar um SSD tão pequeno?

Atenciosamente,
Esperança de Mais Espaço

Você está certa, SSDs ainda são muito caros, e podem aumentar muito o custo do seu computador – especialmente se você estiver tentando montar ou comprar um modelo mais barato, um SSD pode aumentar o custo em cerca de 30%.felizmente você tem algumas opções – apesar que isso irá precisar de mais manutenção do que usar apenas um SSD normal. Eis aqui algumas ideias.

Mova alguns programas para o seu disco rígido normal

Se você não fez isso ainda, você deveria mover sua pasta de usuário e arquivos pessoas para um HD normal e guardar apenas o seu OS e programas no SSD. Nós detalhamos como fazer isso no Windows e no Mac, e isto irá economizar bastante espaço enquanto ainda mantém todos os benefícios da velocidade. Entretanto, se isto não economizar espaço suficiente, você pode considerar instalar apenas os programas mais pertinentes no SSD, como seu navegador, tocador de música, cliente de e-mail, enquanto outros programas ficam no HD.

Isso é especialmente importante para programas grandes, como jogos ou o Photoshop. Você pode ficar tentada em manter alguns desses programas mais lentos no seu SSD para deixá-los mais rápidos, mas eles também são os maiores, então se você tem a esperança de  conseguir mais espaço, você terá que abrir mão de alguma coisa. Quando for instalá-los, certifique-se que vai escolher a instalação “avançada” e colocá-los na pasta “Arquivos de Programas” no seu disco rígido ao invés do seu drive C: (que deve ser o seu SSD).

Limpe seus arquivos temporários e desabilite configurações que comem espaço

Você ficaria surpresa em quanta coisa poderia caber em um SSD pequeno. Eu estou usando um SSD de 80GB no meu computador, e ele está guardando o meu Windows e todos os meus programas (menos os jogos) sem problemas. Dito isto, eu preciso limpar o drive de tempos em tempos, já que o Windows muitas vezes pode colocar arquivos grandes no drive C: sem motivos, então você precisa ficar atento ao que está rolando no seu drive C:.

Você pode começar usando a Limpeza de Disco do Windows com frequência, que pode ou não encontrar alguns arquivos temporários grandes que você não precisa (hoje mesmo eu encontrei o equivalente a 6GB de arquivos temporários apagáveis). Eu também fucei no C: manualmente (com cuidado, é claro) e verifiquei se haviam outros arquivos temporários de outros programas. A Nvidia, por exemplo, guarda uma tonelada de arquivos no C:NVIDIA sempre que você instala um novo driver, e isso pode comer muito espaço em pouco tempo – o meu está pegando atualmente 1.25GB, e esta é uma pasta que você pode apagar. Eu também tive problemas quando estava personalizando minha instalação do Windows com RT Se7en Lite, porque ele tinha o meu C:Temp listado como meu diretório temporário. Depois de mudar para alguma coisa no meu disco rígido tradicional, eu consegui apagar os arquivos temporários e recuperar todo este espaço.

Por último, se você habilitou a hibernação, você deveria desabilitar. Quando você deixa seu computador hibernando, o Windows salva o estado para seu HD, o que pode ocupar bastante espaço. Ao desabilitar a hibernação como descrito aqui, você irá automaticamente remover este arquivo grande e liberar muito espaço. Você também deveria mover os arquivos de paginação para seu drive não-SSD, o que irá liberar alguns gigas de espaço instantaneamente.

Use seu SSD para acelerar o cache

Se você está montando um novo computador, você pode querer dar uma olhada na nova tecnologia da Intel, a Smart Response Technology (SRT), que usa seu SSD como cache ao invés de um drive de instalação. Ao invés de guardar todos os seus arquivos no SSD, ele irá aprender quais arquivos você acessa mais e fazer cache deles no SSD, então você consegue os melhores benefícios de velocidade possíveis no seu drivezinho. Isso é especialmente útil se você só puder comprar um SSD de 20 ou 30GB, já que você não conseguirá colocar Windows nele, mas ainda aproveitará muitos dos benefícios da velocidade.

Não é tão bom quanto instalar o Windows em um SSD maior, mas é muito mais simples de configurar, e com certeza é a melhor maneira de aproveitar um SSD pequeno – desde que você esteja usando um computador novo o suficiente. Intel SRT é meio novo, então você precisará ter um novo computador que use uma placa-mãe baseada em Z68. Isso significa que se você estiver montando um computador, compre uma placa-mãe Z68 e teste isso – mas se você estiver atualizando o drive no seu laptop, isto não é uma opção válida. Para mais informações sobre SRT e como essa tecnologia funciona, dê uma olhada no guia em vídeo acima, do NCIX Tech Tips.

Abra mão de outros componentes do seu sistema

Se nenhum dos conselhos acima funciona para você, não tem muitas outras opções que você possa recorrer. Nosso melhor conselho é reavaliar o computador que você estiver comprando (ou montando) e verificar se tem algo mais que você possa economizar para investir em um SSD. Talvez comprar uma placa de vídeo menos poderosa ou um processador mais lento (ou, melhor ainda, um processador da geração anterior). Pegar o processador mais novo e mais poderoso não irá fazer uma diferença tão absurda, e um SSD irá trazer benefícios muito mais notáveis no seu dia-a-dia – então compre um processador mais barato e invista em um SSD de 80 ou 100GB. Você não vai se arrepender.

A opção extrema: Instale um sistema operacional leve e use serviços na nuvem

Todas as opções anteriores assumiam que você tinha um segundo drive interno que guardaria sua pasta de usuário, mídia e outros arquivos grandes. Se isso não é o caso – se você tiver apenas um SSD de 60GB – você terá que partir para uma abordagem mais extrema. Isto não irá funcionar muito bem para o seu computador principal, mas sim para um laptop ou netbook. Se você instalar um sistema operacional super leve como o ArchBang, ele irá ocupar bem menos espaço no seu SSD e deixar mais espaço para programas e arquivos. Você também pode aproveitar serviços na nuvem como o Google Apps e Dropbox para ter tudo que você precisa sem precisar guardar no seu computador. Outra boa opção seria instalar o Chromium OS, que é bem focado na nuvem e perfeito para um computador com um SSD pequeno (você poderia até pegar algo menor que 60GB neste caso). Novamente, você pode não conseguir usar isso como seu computador principal, mas é outra opção dependendo do tipo de computador que você está procurando.

Esperamos que essas dicas sejam o suficiente para que você consiga aproveitar os 60GB do SSD, mas se não for, você realmente terá que abrir mão de alguma coisa no custo do seu sistema ou deixar a ideia do SSD de lado. Lembre-se que você sempre pode usar um HD padrão e fazer upgrade depois, quando você tiver mais grana – discos rígidos são umas das coisas mais fáceis de fazer upgrade em qualquer computador, então não vai fazer mal aguentar um pouco mais.

Abraços,
Lifehacker

P.S: Tem outras dicas para conseguir sobreviver com um drive absurdamente pequeno? Compartilhe nos comentários.