O Windows é ótimo, mas não é exatamente o que você poderia chamar de leve. Ele vem com um monte de programas, funções e serviços que, no melhor dos casos, ocupam espaço desnecessário, no pior dos casos, deixam sua máquina mais lenta. Se você preferir ter uma instalação mais leve do Windows, você pode criar seu próprio instalador com o RT Se7en Lite – completo com toneladas de outras opções de personalização para que você possa transformar o Windows no seu Sistema Operacional dos sonhos. Eis aqui como fazer isso.

RT Se7en Lite (sim, o nome é meio maluco) é uma ferramenta de configuração que permite que você edite o disco de instalação do Windows. Você pode remover funções do Windows que não quiser, adicionar drivers que sabe que irá precisar, adicionar ou remover itens do Painel de Controle ou menu do botão direito e muito mais. Você pode até mesmo criar um disco que inclui o Service Pack 1 (através de um processo chamado “slipstreaming”) para que você não tenha que passar por horas de atualizações do Windows toda vez que instalar o sistema operacional em uma nova máquina. A ferramenta é extremamente fácil de usar, mesmo se precisar fazer muitas alterações, e faz um bom trabalho em garantir que você não remova nada que irá ferrar com o sistema.

O que você terá no final

O processo pode parecer um pouco longo e árduo, mas o produto final vale o trabalho. Você pode usar o RT Se7en Lite para customizar o Windows 7 de trocentas maneiras. Por exemplo, você pode:

- Cortar metade do tempo de instalação ao fazer slipstreaming do Service Pack 1 e adicionando todos os seus aplicativos favoritos no disco de instalação, para que você não tenha que sentar e ficar instalando coisas cada vez que colocar Windows em um PC novo.

- Criar uma versão minimalista do Windows, para tirar todos os aplicativo e serviços desnecessários e fazer seu computador rodar mais rápido – perfeito para hardware antigo ou com pouco poder de processamento.

- Economizar espaço ao remover apps e serviços que você não precisa, sem mencionar remover as coisas que te irritam (como aqueles jogos toscos ou o app “Bem vindo ao Windows” que você realmente não precisa).

- Faça todas as suas alterações no sistema e hacks do registro favoritas antes de instalar o Windows, para que não tenha que fazer mais pra frente – uma instalação limpa do Windows se torna a instalação perfeita do Windows.

- Adicione drivers para o seu disco de instalação para não ter que procurar por eles depois. Isto é especialmente bom para drivers de ethernet e wi-fi, que iriam necessitar que você encontrasse e inserisse o disco do fabricante para instalá-los (já que, como você não tem drivers de internet e wi-fi, você paradoxalmente não poderia acessar a internet para baixa-los).

Quando você terminar de usar o RT Se7en Lite, você terá seu próprio disco customizado do Windows, contendo todas as suas configurações favoritas, alterações para aumentar a velocidade e aplicativos favoritos prontos para instalar em qualquer máquina – basicamente, você terá o Windows que sempre sonhou. É especialmente bom se você instalar o Windows em várias máquinas, ou se costuma reinstalar com frequência. Você terá que fazer estes ajustes uma vez, e eles serão adicionados toda vez que você fizer uma instalação nova. Eis aqui como usar o RT Se7en Lite.

Primeiro passo: Preparando o RT Se7en Lite

Primeiro, faça o download do RT Se7en Lite no site e instale na sua máquina. Verifique se está baixando a última versão, que está estranhamente na parte de baixo da página de downloads, ao invés do topo (no momento que estou escrevendo este post, a mais atual é a versão 2.6.0). Antes de rodar, certifique-se que você tem uma ISO de instalação do Windows à mão (uma ISO é uma imagem do disco – basicamente é o disco de instalação do Windows ripado em um arquivo do seu computador). Se você não tem uma ISO, mas tem um disco físico de instalação do Windows, você pode criar a ISO a partir deste disco usando algo como o ISO Recorder. Você também pode querer fazer download do Service Pack 1 se você planeja fazer slipstreaming do SP1 em seu CD de instalação personalizado (o que você provavelmente quer). O RT Se7en Lite irá precisar que você extraia os arquivos do disco em algum lugar antes que ele possa editá-lo, então antes de começar, crie uma pasta temporária no seu desktop chamada “7lite temp” ou alguma coisa parecida. Você pode apagar a pasta assim que terminar.

Para começar, abra o RT Se7en Lite, você pode fechar logo a propaganda que abre com o programa. Quando a página principal aparecer:

1- Clique no botão Browse na página principal e localize a sua ISO do Windows 7. Indique a pasta temporária como o lugar para extrair e clique em OK.

2- Quando ele perguntar qual imagem configurar, escolha a versão do Windows que corresponde ao seu disco – ou seja, Windows 7 Home Premium ou Windows 7 Professional. Se você quiser fazer slipstream do Service Pack 1 no seu disco, assegure-se de marcar a opção “Slipstream Service Pack” neste passo.

3- Depois de clicar OK, você irá ver uma nova janela que permite que você escolha o service pack que fez download anteriormente, depois disso você pode clicar em Start para começar o processo de slipstreaming (se você escolheu não fazer isso, pule este passo). Irá levar alguns minutos para fazer o slipstream, então apenas deixe-o rodando.

4- Se o slipstream tiver terminado, ele irá continuar a extrair a imagem do disco, o que novamente pode levar alguns minutos. Quando estiver pronto, irá aparecer uma mensagem de “Loading Completed” e você pode começar os ajustes.

Passo dois: Hora dos Tweaks

Clique no botão Task na barra da esquerda. A partir daí, você pode escolher quais partes do Windows você quer personalizar. Tem seis caixas marcáveis nesta página, que correspondem às seis partes na barra da esquerda. Elas incluem:

- Integrate: aqui você pode adicionar atualizações de segurança do Windows, correções, pacotes de idiomas, drivers, e outros aplicativos de terceiros para o disco de instalação do Windows.

- Features Removal: Esta seção permite que você remova aplicativos e outras funções do Windows para deixa-lo mais leve.

- Tweaks: O Menu de Tweaks permite que você mude configurações avançadas para coisas como o Desktop, Windows Explorer, entre outros, assim como adicionar e remover atalhos do painel de controle. Você também pode adicionar seus próprios ajustes do registro.

- Un-Attended: Se você quiser pular a criação de usuário, entrar sua chave de produto e ajustar outras configurações regionais, você pode ajustar isso aqui e pular tudo durante o processo de instalação do Windows.

- Customization: Nesta seção, você pode adicionar seus próprios protetores de tela, ícones, papéis de parede, temas, e outros ajustes visuais, assim como mudar o plano de fundo da tela de login do Windows.

- ISO Bootable: Depois de fazer todos os ajustes, esta seção permite que você crie um ISO no qual você pode gravar um USB ou DVD para instalação. Dê uma olhada nisso agora, mas não precisa se preocupar com isso até o passo três.

Marque as caixinhas das sessões que você quer usar, e então clique em cada uma individualmente na barra da direita, fazendo os ajustes que quiser. Abaixo nós iremos detalhar melhor o que você irá encontrar em cada sessão. Note que quando você faz seus ajustes, você irá precisar clicar no botão Apply de cada página, que irá abrir a seção de Logs e permitir que você saiba quais ajustes está aplicando.

Integration

A seção de Integration tem quatro abas: Updates, Drivers, Language Packs e Applications. Se tiver algumas atualizações que você realmente precisa incluir na instalação original, você pode fazer aqui. Eu normalmente só faço slipstream do service pack e então faço o download do resto das atualizações através do Windows Update. Eu também deixo a seção de drivers inalterada, apesar de que ela pode ser bem útil se o seu driver ethernet ou wi-fi não estiver incluído no Windows – dessa maneira você não tem que inserir o disco do seu fabricante para instalar.

A parte de Applications é definitivamente a mais útil desta seção. Aqui, você pode adicionar pacotes de instalação para os seus apps favoritos (ou seja, os arquivos MSI ou EXE que você fez download a partir do site), e ele irá instalá-los de uma vez junto com o Windows. É quase como criar o seu próprio pacote Ninite personalizado, usando os apps que você quiser. Aqui, eu normalmente adiciono meus apps essenciais como Firefox, Pidgin e Winamp. Note que você terá que usar a versão silenciosa destes instaladores, que ignora os menus de instalação. Para fazer isso, olhe procure linha de comando para ativar cada programa que você queira instalar e coloque-a na configuração Silent Switch do RT Se7en Lite quando for exigido.

Feature Removal

Aqui é onde as coisas realmente divertidas acontecem. Em Feature Removal, você pode desabilitar ou remover certas funções e aplicativos que vem com o Windows. A caixa da esquerda permite que você marque caixinhas para remover apps permanentemente, enquanto a caixa da direita permite que você desmarque caixinhas para meramente desabilitar certas funções. Eu normalmente vou com tudo e começo a mercar coisas para remover na caixa da esquerda, como Jogos, Pacotes de Idiomas, opções de acessibilidade e qualquer coisa que tenha a ver com um projetor. A seção de Serviços é uma das mais pesadas aqui, e remover certos serviços pode liberar muitos recursos, mas preste bastante atenção no que for remover – você não irá querer se livrar de qualquer coisa que irá precisar mais pra frente.

Para descobrir o que cada função do Windows faz antes de marcar a caixinha, apenas clique no seu nome. O RT Se7en Lite irá fornecer uma descrição da função ou serviço, assim como qualquer aviso que você possa querer levar em consideração quando remover. O que estiver em vermelho são coisas que você não irá querer remover, já que o Windows precisa delas para funcionar corretamente. Para um bom guia de que serviços você pode remover, dê uma olhada no Configurações do Service Pack 1 do Windows 7 do Black Viper. Entretanto, eu recomendo deixar esta seção assim, já que você pode desabilitar serviços na sessão de Tweaks como descrito abaixo. RT Se7en Lite até mesmo tem as recomendações do Black Viper embutidas, para que você possa fazê-las em dois cliques e não se preocupar em remover permanentemente serviços que você vá precisar depois.

Tweaks

A sessão de tweaks contém 10 abas diferentes, cada uma delas com diferentes tipos de alterações que você pode fazer no seu sistema. Eis aqui rápido resumo do que você irá encontrar em cada aba.

Control Panel: Aqui você pode remover atalhos do Painel de controle, assim como adicionar algumas outras coisas úteis, como um atalho para o Registro, o Editor de diretivas de grupo, e outras.

Desktop: Esta aba modifica partes específicas do desktop e barra de tarefas do Windows, tais quais mudar quão rápido os menus abrem e fecham, a aparência dos botões da barra de tarefas, e o que o botão de desligar faz no Menu Iniciar.

Explorer: Esta seção lida com adicionar e remover atalhos do Meu computador, o menu de contexto e ajustes na visualização do Explorer. Tem muitos atalhos habilitados aqui na seção de menu de contexto, então você irá querer se assegurar de desabilitar aqueles que você não quer, ou você irá acabar com um menu de contexto muito longo, mesmo em uma instalação personalizada do Windows!

Security: Isto meramente permite que você habilite ou desabilite a proteção anti-spyware, Controle da Conta de Usuário, ou Firewall do Windows.

Services: Aqui você pode cortar um monte de coisas pesadas. Como descrevemos acima, a melhor maneira de lidar com os serviços é escolher a predefinição do Black Viper no menu dropdown na janela de Serviços. As configurações Default mostram o que o Windows faz por padrão, enquanto as configurações Safe, Tweaked e Barebones, cada uma contendo inúmeros serviços desabilitados, aumentam em intensidade o número de serviços desabilitados. Novamente, assegure-se de checar a lista e verificar que a predefinição de sua escolha não irá desabilitar alguma coisa que você irá precisar futuramente (apenar que você sempre pode reabilitá-las depois). Eu recomendaria a Safe, já que a Tweaked desabilita algumas funções que muitas pessoas usam, e a Barebones desabilita algumas configurações de segurança. A melhor coisa que você pode fazer é escolher a predefinição Safe, e então olhar os serviços em detalhes nesta página para ver se tem alguma coisa que você precisa (ou não precisa). Existem chances que mesmo com a configuração Safe, existam coisas que você queira reabilitar (como a indexação da Busca do Windows, que é desabilitada em todas as predefinições do Black Viper).

Settings: Estas configurações são um pouco avançadas e lidam com coisas como o prefetcher, hibernação, quantos itens recentes serão mostrados nas jump lists e outros.

Visual Effects: Aqui você pode ajustar certos efeitos relacionados ao Windows Aero. Você pode fazer qualquer coisa desde desabilitar o vidro transparente até desligar o Aero Snap e Aero Shake.

Internet Explorer: Se você usa o Internet Explorer, você pode editar algumas configurações legais escondidas, como mostrar a URL completa, desligar a caixa de busca, entre outras.

Media Center: Isto permite que você desabilite animações do plano de fundo, efeitos sonoros, teclado na tela, e mais no Windows Media Center.

Custom Registry: Se quiser fazer algum outro ajuste no registro do Windows (como uma dessas 10 belezinhas), você pode coloca-los em arquivos REG e adiciona-los aqui. Eles serão aplicados automaticamente quando você instalar o Windows.

Certifique-se de fuçar bem cada uma dessas abas. Muitos ajustes são aplicados por padrão, e podem confundir quando você instalar pela primeira vez sua nova versão do Windows (por exemplo, a barra de tarefas é ajustada para só usar ícones pequenos e combinar quando estiver cheia – então ela parece com a barra de tarefas do Vista). Você sempre pode mudar estes tweaks depois de instalar, então não é algo horrível se um ou dois escaparem – mas quando mais você arrumar agora, menos você terá que mudar depois de instalar o Windows.

Un-Attended

A parte mais legal desta seção é a área onde você coloca a chave do produto, para que ele ative automaticamente depois de instalar o Windows – perfeito se você for uma dessas pessoas que reinstalam regularmente. Você pode escolher pular a criação de usuário, inserir as informações OEM, e mudar outras configurações regionais aqui (como o layout do teclado, fuso horário e idioma).

Customization

Por último, se você quiser incluir alguns descansos de tela, temas, papéis de parede, gadgets, documentos, sons, e outros ajustes em sua instalação, você pode adicioná-los em Customização. Desta maneira, você não tem que re-adicionar estas coisas manualmente depois de instalar. Elas estarão lá assim que você instalar o Windows pela primeira vez, você também pode mudar o plano de fundo da tela de logon nesta seção, assim como fazar alguns outros ajustes a coisas como o menu Iniciar.

Passo três: Crie e grave sua imagem de disco

Uma vez que você tiver terminado todos os ajustes, vá para a seção Log e clique no botão Commit. Ele irá fazer todas as alterações na pasta temporária que você criou no desktop. Isso pode levar uma hora ou mais, dependendo de quanto você tiver alterado. Se quiser, você também pode clicar no botão Export Settings antes de fazer isso para salvar os ajustes que você fez no caso de você querer voltar e editar tudo depois.

Quando estiver pronto, vá para a seção de ISO Bootable para criar o seu disco. Em Mode, você pode escolher Direct Burn, que grava um disco; Create Image, que irá fazer um ISO; ou USB Bootable, que irá criar um pen drive bootável. Clique no botão Make ISO no canto inferior esquerdo e espere gravar. Quando estiver pronto, você está pronto para instalar sua versão personalizada do Windows.

Passo Quatro: Instale o Windows e verifique as alterações

O último passo deve ser bem familiar para você. Instale o Windows como você faria normalmente, botando o disco de instalação, passando por todos os passos, e deixando seu computador reiniciar inúmeras vezes. Você pode querer fazer isso em uma máquina virtual primeiro, para garantir que tudo funciona antes de apagar sua versão atual do Windows.

Quando isto estiver pronto, você terá uma versão nova e customizada do Windows nas mãos. Neste ponto, eu daria uma olhada para garantir que todas as mudanças foram aplicadas corretamente, e verificar se há alguma coisa que você precisa arrumar. Novamente, você pode arrumar muitas dessas coisas agora sem um problema, mas se você quiser refazer o seu disco com as mudanças corretas, você terá que voltar para o RT Se7en Lite e repetir o processo (e é por isso que fazer backup de suas configurações é uma boa ideia).

Tem alguma dica, tweak ou aplicativo favorito do Windows que você acredita que é obrigatório em uma sessão de customização do RT Se7en Lite? Compartilhe com a gente nos comentários abaixo.

Foto do título modificada a partir de um original de Fer Gregory (Shutterstock).