Aos olhos do Linux, a guerra de 20 anos contra a Microsoft acabou, e o pinguim venceu. Sim, estas são as palavras de Jim Zemlin, diretor-executivo da Linux Foundation: ele acredita que a Microsoft já foi ultrapassada pelo Linux em todas as categorias de produtos… exceto uma.

“Eu acho que nós simplesmente não nos importamos mais tanto [com a Microsoft]“, disse Zemlin. “Eles costumavam ser nosso grande rival, mas agora [criticar a Microsoft] é como chutar um cachorrinho.”

Zemlin ainda diz que “o Linux hoje domina quase toda categoria de computação”. De fato: ele está presente em televisores, em leitores de e-book como o Amazon Kindle e o B&N Nook, e em smartphones e tablets com Android ou webOS (da HP) – além de estar em quase todos os principais supercomputadores do mundo.

Só há uma exceção, é claro: desktops e notebooks, onde o Windows domina cerca de nove a cada dez computadores. Mas Zemlin acredita que, à medida que migramos de computadores tradicionais para smartphones e tablets, a Microsoft tende a perder espaço. Quanto àquela previsão de que o Windows Phone 7 cresceria a ponto de chegar em segundo lugar… Zemlin riu. [NetworkWorld via Slashdot]

Foto por Kables/Flickr