Seria isso uma amostra de Google Bomb? Uma tentativa de burlar o algoritmo e colocar uma página lá em cima nas buscas? Isso já aconteceu diversas vezes e rendeu boas piadas, como no caso de "Weapons of Mass Destruction", que dava em "404 Weapons not found" ao clicar no botão "Estou com Sorte". É o que crava a Info, em um post hoje. Mas o diretor de comunicação do Google Brasil, Felix Ximenes, diz que não é bomba ou manipulação dos colorados – é provavelmente um "cacoete do algoritmo."

"Pode ser resquício de algum bomb passado, que tenha vinculado o nome. Mas não é um, senão o algoritmo apontaria quando se clicasse em ‘buscar’. O bomb tenta puxar não o termo só, mas o conteúdo. Tenta iludir o nosso algoritmo." 

Bomba ou não, foi engraçadinho. Alguém conhece mais alguma pseudobomba nacional? 

[Valeu, Fernando!]