Ah, você achava que o Titanic era um meganavio gigante e colossal? Tão grande que logo bateu em um iceberg e afundou? Os navios-cruzeiros de hoje fazem o Titanic parecer um barquinho de papel.

Isso porque eles comportam muito mais pessoas e, principalmente, porque pesam muito mais que o Titanic. O site TheEconomist.com reuniu alguns dos maiores cruzeiros do mundo já feitos, na lista abaixo:

Viu como o Titanic está no fim da lista? Enquanto ele comportava 1.309 passageiros e pesava 46 mil toneladas, o Oasis of the Seas — sobre o qual já falamos — pesa 5 vezes mais e leva 5 vezes mais passageiros. Pela lista, vê-se a falta de criatividade nos nomes dos megacruzeiros: a maioria ou é "(Alguma Coisa) of the Seas" ou "Queen (Fulana)" da Inglaterra. Ainda faltou na lista o Celebrity Solstice, visto na foto acima, que leva cerca de 3.000 passageiros e pesa umas 134.000 toneladas.

Mas pra que construir esses Golias, essas obras megalomaníacas de engenharia, quando o risco (e o prejuízo) de um acidente é maior e quando opções menores são viáveis? Ora, porque nós gostamos de máquinas enormes e intimidadoras: seja no ar, na terra ou nas águas oceânicas, queremos desafiar as forças da natureza e mostrar que somos imponentes, pujantes, monumentais — aí a tecnologia mostra, com clareza, como ela nos torna grandes. [Economist via Twitter]