O exército de subordinados servis que eu fui acrescentando a cada semana ao meu redor já pode se aposentar, pois eu achei uma única máquina capaz de substituí-lo por completo: a Máquina de Aplausos do artista Martin Smith. O engenhoso dispositivo gera aplausos instantâneos ao toque de um botão. Martin criou a máquina “para quando as suas idéias são geniais mas ninguém mais concorda”. Seja bem-vindo ao meu mundo, Martin. Eu vou levar dez.

A Máquina de Aplausos vem em cinco cores e pode ser o presente de Natal para aquele bastardo egocêntrico especial na sua vida. [Dezeen]