Se você acha que De Volta Para o Futuro 2 foi a primeira vez que o mundo conheceu o conceito de hoverboards, você muito se engana. Já em 1955, a Marinha americana demonstrava seu próprio conceito de hoverboard, mas infelizmente ele não era tão elegante quanto a visão realizada por Hollywood.

O hovercraft usava um conjunto de propulsores que giravam em sentidos opostos, voltados para o chão a fim de criar uma superfície de ar que levanta do chão o veículo e seu piloto. Ele parecia estável o bastante para ser guiado por um piloto experiente. Mas o projeto acabou sendo descartado: “a Marinha americana os considerou pouco práticos como veículos de combate, porque eram pequenos, limitados em velocidade e voavam pouco além da massa de ar que criavam abaixo deles”, diz a British Pathé.

Quem sabe a humanidade não mereça uma “plataforma voadora”, assim como não merecemos carros voadores. Só nos restam hoverboards de US$120 que não sabem voar. [YouTube]