Quando se fala em Photoshop, a primeira coisa que vem à mente é alterar imagens para esconder defeitos. Mas o software não serve só para isso: o artista argentino Martín De Pasquale usa a manipulação de imagens para criar situações completamente malucas.

Usando também o 3Ds Max e o Lightroom, ele passa bem longe de querer disfarçar as rugas ou tirar uma barriguinha: a ideia é alterar completamente a realidade das imagens. Ele aparece montado num cachorro gigante, sendo descascado como uma banana, passando o cortador de barba num clone gigante de si próprio e muitas outras doideiras.

Em entrevista à Wired, ele diz ter uma “imaginação infantil” e que a inspiração vem da vida cotidiana, mesmo; depois, o mais importante é planejar o que fazer.

“Eu gosto de ler, visitar museus, exposições — um pouco de tudo. As ideias surgem quando você enche a cabeça de material. Eu sempre carrego um caderno e anoto as ideias quando elas aparecem.”

(…)

Às vezes as ideias levam cerca de uma hora até a arte final, mas normalmente isso demora bem mais — até uma semana. “Eu consigo executar mais rapidamente se eu tiver tempo para pensar sobre a estética, ângulos e iluminação”, ele explica.

Nós já havíamos falado aqui do planejamento por trás do trabalho de De Pasquale, quando as montagens que ele fazia eram bem mais simples. Agora, as coisas parecem ter ficado bem mais complexas — e malucas.

Auto-retratos de Martín De Pasquale 326bdb30b895e3062bf56920a5aaa89a c0f882226660c06419bccb0d6d932286

Veja mais imagens nesta galeria.

[Martín De Pasquale via Wired]