Eu, você, todos nós ansiosos pelo anúncio do Galaxy S III e, hey, o pessoal da China já mostrou um smartphone com o Exynos A9, o quad-core da Samsung que muito provavelmente equipará o flagship da sul-coreana a ser anunciado dia 3 de maio. O Meizu MX Quad-core parece ser muito, mas muito interessante.

A Meizu é uma fabricante de smartphones chinesa que foge do padrão de qualidade “hiPhone” comum de lá. Em vez de cópias baratas, ela produz poucos aparelhos de altíssima qualidade equipados com o Flyme OS, sua variante (compatível com) de Android. Até hoje só lançou quatro modelos e a cada atualização ela se torna mais atraente.

Ontem foi anunciado o Meizu MX Quad-core, evolução do Meizu MX lançado no começo do ano. O aparelho esbanja recursos e funções de cair o queixo: vem com o já citado quad-core Exynos A9, SoC da Samsung; câmera de 8 MP, bateria de 1700 mAh e tela de 4″ com resolução de 960×640. Segundo o release, a CPU é 60% mais rápida que a do modelo anterior e ainda assim gasta 20% menos energia; a GPU é 50% mais veloz.

O novo Meizu MX Quad-core sai dia 3 de junho, na China, a preços bem convidativos. A versão básica, com 32 GB de memória interna, custará o mesmo que o MX dual-core de 16 GB (!) custava até ontem, US$ 400. A de 64 GB sairá por US$ 478. Nessa brincadeira o Meizu MX “antigo”, um dual-core de respeito que continuará em linha, sofreu um corte generoso no preço e agora sai por US$ 380 (16 GB). [Meizu via Yahoo! News]