A polêmica decisão faz algum sentido dentro da política de sanções dos EUA. De acordo com algumas normas vindas da era Bush, os habitantes dos países que os Estados Unidos mantém algum embargo econômico não podem baixar software americano ou fazer compras em sites dos EUA. Endereços comoa Amazon já seguem essa legislação. O Live Messenger é mais um a aderir – mas as regras de quais entram ou não entram ainda é meio incompreensível. Se os EUA não proíbem, governantes desses países tratam de fazê-lo. Como no Irã, onde o Facebook foi proibido na última semana porque ajudava o candidato de oposição a fazer campanha. Muito conveniente!

Essa política de sanções meio bizarra já rendeu alguns efeitos colaterais. O ativista político sírio George Ajjan, que mora nos EUA, criou um site em prol da democracia no seu país de origem. Acontece que o GoDaddy.com, um popular serviços de hospedagem de sites, é bloqueado na Síria – e os mais interessados não podem ler. Meio estúpido, não?

[Via Ars Technica