A Microsoft vem se esforçando para continuar relevante em dispositivos móveis, inclusive explorando algumas invenções bem malucas. Por exemplo, uma borboleta robótica que se comunica com dispositivos portáteis e responde ao humor de seu dono – é uma espécie de dimon mecânico.

Um dimon (ou daemon) é a manifestação física de uma alma humana na trilogia Fronteiras do Universo, de Philip Pullman. É uma personificação física da alma de cada ser humano.

O USPTO, escritório de patentes dos EUA, divulgou recentemente um pedido de patente que a Microsoft fez há alguns anos: uma borboleta robótica, que lembra vagamente o logotipo do MSN. A patente explica que o dispositivo poderia voar ao redor do usuário, perceber seu estado emocional – através de um dispositivo vestível ou um app – e responder de acordo. Ele seria um dispositivo relacionado à saúde.

microsoft borboleta patente

Um exemplo: digamos que você chegou em casa estressado com alguma frustração do trabalho. A borboleta da Microsoft notaria sua pressão elevada, reconheceria este sinal de estresse, e começaria a voar suavemente à sua frente. Ela mudaria de cor para tentar acalmar você. Isso não resolveria o problema do trabalho, mas ajudaria a relaxar por um momento.

Mas é difícil imaginar isso como algo real: um inseto-robô voando para regular o seu humor? No entanto, é notável como nos sentimos fora de sintonia com nossos próprios corpos. Isso explica, em parte, por que o mercado de wearables decolou tão rapidamente: ao coletar dados de atividade física – e também ao analisá-los – eles nos fazem sentir como se estivéssemos cuidando melhor de nós mesmos.

A patente da Microsoft também mostra a base para um app móvel que permitiria a você avaliar seu estado de espírito, para seu novo dimon conhecer você melhor. Esses tipos de apps já existem e podem realmente ser bem úteis para pessoas com transtornos do humor.

Mesmo assim, este é obviamente um pedido de patente quase surreal, e o USPTO pode não aprová-lo. No entanto, é interessante ver como a Microsoft está abordando o mercado de wearables por um ângulo de fantasia. Bem, eles são especialistas em imaginar tecnologias bacanas assim. [USPTOPatently Mobile]