Philip K. Dick foi um dos mais importantes escritores de ficção científica e sofreu a sina que acompanha quase todos os escritores do gênero: seu nome só se tornou realmente famoso depois de sua morte. K. Dick experimentou a fama apenas no fim da vida, com o lançamento de Blade Runner. O filme, que saiu em 1982 – pouco antes da morte do escritor –, foi baseado no romance Androides Sonham com Ovelhas Elétricas?

Muita gente não conhece K. Dick de nome, mas quase todo mundo já assistiu a algum filme inspirado em sua obra. E não podia haver momento melhor do que o estamos vivendo para um revival da obra do escritor: vivemos numa época em que a tecnologia é usada como uma ferramenta de estabelecimento das nossas identidades e um dos grandes temas da obra de K. Dick é aquilo que pode acontecer quando permitimos que a tecnologia domine as nossas vidas. A obra de K. Dick está sendo relançada pela Editora Aleph em edições caprichadas e um dos livros, o Realidades Adaptadas, traz exclusivamente contos que se tornaram filmes. Os mais famosos são Lembramos para você por preço de atacado, que se tornou o clássico Vingador do Futuro, de 1990; A Segunda Variedade, que inspirou o filme Screamers – Assassinos Cibernéticos, de 1995 e O Relatório Minoritário, que serviu de base para Minority Report – A nova lei, filme de Steven Spielberg com Tom Cruise que saiu em 2002.

Continuando o revival, começa hoje no Museu da Imagem e do Som, em São Paulo, uma retrospectiva cinematográfica da obra de K. Dick. A atração vai até o dia 10 de dezembro e terá a exibição dos filmes e mesas redondas de discussão sobre a obra do escritor. Veja os trailers de alguns dos filmes que estão na programação da mostra.

Informações
Mostra Philip K. Dick
Data: de 29 de novembro a 10 de dezembro
Horário: veja a programação
Local: Auditório do Museu da Imagem e do Som
Endereço: Avenida Europa, 158 – Jardim Europa – São Paulo
Contato: (11) 2117 – 4777
Ingresso: R$6 inteira e R$3 meia