A Samsung lança no Brasil o Cloud TC180, um monitor LED de 18 polegadas com resolução 1366×768 pixels. Nada demais, certo? Mas este monitor tem “cloud” no nome por um motivo: ele tem um PC embutido que se integra à computação em nuvem.

O PC integrado é pensado para a nuvem: processador Intel Atom N270 1.5GHz, 1 a 2GB de memória RAM e até 8GB de espaço em disco. O computador embutido o faz ter uma base com 19,7cm de espessura; o PC em si é mais fino (imagem abaixo). Ele não roda Windows, nem precisa: por ser compatível com os softwares da Citrix e VMware, ele roda tudo por virtualização – tudo fica na nuvem… da empresa. Sim, este é um thin client.

Chamar o monitor de “Cloud” é só mais uma forma da Samsung chamar nossa atenção – ou você já se esqueceu do ar-condicionado Full-HD deles? O Monitor Cloud TC180 já está disponível no Brasil, com preço sob consulta. Há também o modelo TC240 de 23,5″ com resolução Full-HD, mas este não é vendido no país. [Samsung]

Samsung Cloud TC180

Release:

Samsung mira mercado B2B e lança monitor com Computação em Nuvem

Empresa apresenta primeiro modelo com Cloud Computing integrado

São Paulo, 9 de maio de 2012 – Acessar documentos do trabalho de qualquer máquina, a qualquer momento, parecia uma realidade distante até certo tempo. Hoje não é mais, graças à chamada “Computação em Nuvem”, conceito que vem ganhando cada vez mais adeptos no mercado. Pensando neste segmento, a Samsung apresenta o Monitor Cloud TC180, modelo com Cloud Computing integrado, compatível com os softwares Citrix, Microsoft e VMware.

“Estamos ampliando nossa atuação no mercado de B2B e não poderíamos deixar de oferecer uma solução muito aguardada pelo setor. A parceria com a Citrix, a Microsoft e a VMware nos dá a vantagem de disponibilizar um equipamento com ótima configuração e serviço de Cloud Computing das melhores empresas deste segmento”, diz Ricardo Tiltscher, Diretor de B2B da Samsung.

O Monitor TC180 traz o hardware Thin Client embutido no aparelho. Desta forma, o usuário acessa seus documentos e softwares por meio do equipamento, pois estes serviços estão armazenados em servidores. Outra vantagem é física, uma vez que não é necessário usar uma CPU, deixando a estação de trabalho com menos cabos em cima da mesa. Além disso, aumenta o nível de segurança, já que os dados da companhia estão guardados em um servidor central e livres de vírus, hackers e ataques virtuais.

Esta solução é ideal para empresas que querem economizar com licença de software ou aquelas que precisam de informações em tempo real sobre suas vendas, como supermercados ou grandes varejistas, por exemplo. Para se ter uma ideia destes benefícios, o instituto Gartner prevê que, até 2014, 40% das organizações usarão terminais equipados com thin client.

As configurações técnicas do TC180 também são destaque. A tela de LED de 18 polegadas tem resolução de alta definição (1.366 x 768 pixels) e consome até 40% menos de energia. O produto conta ainda com entrada USB e software MagicRMS Pro, que possibilita a visualização de todos os dispositivos conectados aos servidores, oferecendo assim mais comodidade e agilidade no compartilhamento de informações.

O Monitor Cloud TC180 já está disponível no Brasil. Preço sob consulta.