A paixão da Motorola por Androids, apesar dos sutis abalos sofridos recentemente, continua de vento em popa. Mas os lançamentos de ontem também mostram que a empresa quer consquistar de novo aquele pessoal que curtia muito o V3. Além do MB502, também conhecido como Charm, foram anunciados também um aparelho com dois chips e um com TV digital e alguns truques a mais. Confira.

O MB502 – que estranhamente não chamará Charm no Brasil, seu nome nos EUA, sendo o único aparelho sem batismo da Motorola – é basicamente um FlipOut com uma dose a menos de modernidade, como nós já tínhamos mostrado. Ele tem exatamente a mesma configuração do Android contorcionista, com processador de 600 MHz, câmera de 3 MP, aquela mesma tela de 2,8 polegadas e com baixa resolução, com uma imagem nada empolgante e Android 2.1 com o Motoblur mais recente. O teclado QWERTY continua lá, e ao invés de surgir depois de um rodopio, ele está sempre presente, já que o celular tem o estilo candybar. O único detalhe realmente diferente é a operação digna de Frankenstein, que levou o touchpad traseiro do Backflip para o MB502. Já no preço, tudo igual entre os parentes próximos: ele custará R$ 899, desbloqueado.

Já as outras opções mostram como a Motorola tentará voltar a dominar o mercado de celular mais básicos, hoje infestado de Nokias, Samsungs e LGs de todos os tipos. Para retornar ao mercado de massa, são duas novas opções: o Motokey EX115, com dois chips, que de cara lembra muito o MotoQ, e parece fazer a função de sucessor do MotoCubo – teclado QWERTY prático, menu de redes sociais, câmera de 3 MP. Até o final de setembro ele chega às lojas por R$ 599, desbloqueado.

E o MotoTV, com a anteninha aberta, não precisa de muitas explicações: é a aposta da Motorola no novo mundo da TV digital no celular, já que ela perdeu o bonde e o boom da Copa do Mundo. Para fazer algo de diferente, a Motorola colocou a opção de replay, que grava e repete até 60 segundos da programação da TV aberta. A tela tem 3,2 polegadas e é sensível ao toque, mas resistiva, por isso a stylus está inclusa no pacote. De resto, um aparelho simples, sem conexões avançadas, design básico e um sistema operacional proprietário. A Motorola não divulgou o preço do aparelho, mas com uma rápida procura já é fácil encontrá-lo no site das Lojas Americanas por R$ 599. Em breve, reviews dos aparelhos.