Más notícias para colonizadores e nazistas lunares: contariando relatórios anteriores, não há urânio o bastante na lua para garantir energia nuclear ou exploração comercial. Ao menos é o que diz o cosmoquímico Robert Reedy, parte da equipe científica da nave japonesa Kaguya:

Esqueçam coisas como minas de urânio ou reatores nucleares. As concentrações estão muito distantes do nível comercial.

E a concentração de queijo? [Space]