Nathalie Kosciusko-Morizet, candidata à prefeitura de Paris, quer transformar estações de metrô abandonadas na cidade em locais incríveis de entretenimento e esporte. E a ideia poderia inspirar projetos no Brasil também.

A candidata, conhecida pelo acrônimo NKM, revelou uma série de esboços para mostrar como ficariam as estações reaproveitadas do Métro de Paris.

Ela trabalhou com o jovem arquiteto parisiense Manal Rachdi e o urbanista Nicolas Laisné, e acredita que pode converter esses espaços não utilizados. As estações poderiam virar de tudo: uma piscina pública, um auditório, ou até uma boate para festas.

abandoned subway paris (2)

Em países desenvolvidos, não é raro que estações de metrô sejam abandonadas. Há vários motivos: elas se tornaram redundantes, recebiam poucos passageiros ou nunca chegaram a funcionar.

No Brasil, onde há poucas estações de metrô, isso não é comum. No entanto, temos galerias subterrâneas que poderiam ganhar novo propósito. Por exemplo, a Avenida Paulista tem 22 galerias no subsolo, e quase todas poderiam ser aproveitadas e virar escritórios, museus ou galerias de arte. No entanto, elas continuam fechadas.

abandoned subway paris (3)

A ideia de reaproveitar obras públicas não é nova. Na Suécia, um estúdio de design propôs transformar o espaço redundante na ponte Tranebergbron, Estocolmo, em um passeio público acompanhado por um cinema ao ar livre e uma galeria de arte. E em Nova York, estações de metrô abandonadas são locais de festas literalmente underground.

Mas este plano de Paris, se for realizado, seria inspirador para outros lugares – incluindo o Brasil. [NKM via PSFK]

abandoned subway paris (4) abandoned subway paris (5)