Nós estávamos nos segurando quanto a isso, mas agora parece que não há outra forma de colocar isto: a nova forma pela qual o Google tentou vender o Nexus One – através da internet – fracassou, assim como o próprio Nexus One nas vendas. O Google vai fechar a loja online e mudar para o varejo.

A loja web "permaneceu um canal de nicho para early adopters", diz o chefe do Android, Andy Rubin, em um post do blog oficial do Google. Então ela será fechada, e substituída por um modelo tradicional de varejo:

Quando nós conseguirmos aumentar a disponibilidade do Nexus One em lojas, nós vamos parar de vender celulares pela loja web, e em vez disso vamos usá-la como uma vitrine online para exibir vários aparelhos com Android disponíveis globalmente.

Nós já achávamos que isso iria acontecer, dado que usar a loja web como uma central de aparelhos com Android era uma ideia desde o início, e dado que as operadoras americanas Verizon e a Sprint se recusaram a vender o Nexus One para focar nos aparelhos com Android especiais da HTC (o Incredible e o Evo, respectivamente) – mas isso fecha o assunto.

Fazer o quê, não se pode ganhar todas. Mas eu acho que eles vão tentar isso de novo, de outra forma. Nada morre de verdade dentro do Google. [Google]