Depois da Microsoft e da Nintendo, foi a vez da Sony tentar roubar a cena durante a E3. O PlayStation Move foi anunciado, confirmando a expectativa de "wiização" de todas as plataformas. Mas há outras novidades interessantes também. Confira.

O PlayStation Move é aquilo que nós já sabíamos, e que a Sony já havia demonstrado. Quase como uma mistura do Kinect com o controle do Wii, o Move junta uma câmera com uma vareta preta com uma bola que parece chiclete. O pacote completo do brinquedo, com o controle, a câmera EyeToy e o jogo Sports Champions custará 99 dólares, nos EUA. Caso você vá comprar um PS3 novo, o pacote com o Move custará 399 dólares. Completando, o preço de apenas um controle será 49 dólares. Isso, claro, a partir do dia 19 de setembro, dia oficial do lançamento do periférico.

PSN para vips

A Sony também anunciou uma nova conta dentro da PlayStation Network, a PSN Plus, ou PSN+. Ela não substitui a versão gratuita do sistema, custará 50 dólares anuais, e a empresa promete uma "experiência ainda melhor", com conteúdo especial, acesso antecipado a demos e mais alguns mimos. Há também a possibilidade de pagar 18 dólares por três meses de assinatura. O argumento da Sony é que os usuários Plus "ganharão" centenas de dólares, já que parte do conteúdo da PlayStation Store será gratuito ou terá descontos.

Steam para PS3 (e Portal 2 vem aí!)

A mistura de rede social, loja e programa de jogos Steam, da Valve, confirmou presença no PS3. O co-fundador do serviço, Gabe Newell, subiu ao palco da Sony na E3 para confirmar não só a futura integração do Steam a PlayStation Network, mas também para anunciar que o aclamado jogo Portal ganhará sua sequência em 2011, e que ela estará disponível para PS3 no mesmo dia que entrar no lista de jogos disponíveis para Xbox 360 e para PC. Sobre a integração com outras plataformas, Newell disse que será possível escrever mensagens e jogar outros títulos de outras plataformas no PS3. Assim, ele acredita que o Portal 2 se tornará perfeito em qualquer console. Ou seja, o Steam vai dominar o mundo dos games. E nós, brasileiros, só podemos comemorar.