Estamos em uma busca constante por um plano de dados decente no Brasil, e esta novidade da Vivo é animadora: os planos pós-pago Vivo Internet Brasil, para smartphones e modems, agora não terão mais tarifa para consumo excedente de dados – na prática, a Vivo agora só venderá planos ilimitados (com um pequeno truque), a partir de R$24,90. Além disso, a Vivo lançou um mapa de rede 3G detalhado ao nível da rua, para você saber se de fato há sinal 3G onde você mora.

Os planos

Todos os planos têm velocidade única de até 1Mbps. Eles começam em 50MB para smartphone e 250MB para modem 3G, indo até 8GB. Mas se você consumir além do limite (sim, ele é ilimitado com limite), não precisa pagar a mais no fim do mês: a Vivo só reduz a velocidade, e ainda avisa duas vezes se você estiver próximo de estourar a cota – primeiro quando se atinge 80%, depois quando se atinge 100%. (Se você quiser, pode optar pela tarifa excedente e manter o 1Mbps de velocidade.)

Basicamente, isso é um plano ilimitado com cota de tráfego: você pode baixar quantos mega e giga quiser, mas há um limite – e a velocidade cai quando ele é atingido.

Então por que isso seria uma boa notícia? Ora, porque finalmente alguém escutou um dos nossos pedidos:

Mas será que eu deveria pagar R$ 70 por um plano de dados com limite de tráfego? Eu uso a internet 3G da Claro e posso baixar quantos petabytes eu quiser — o limite fica na velocidade, o que enche o saco, mas estaria disposto a pagar um pouco mais pra acabar com isso.

E imagino que outras pessoas estejam dispostas a isso também. Se você usa bastante o modem 3G, por exemplo, compensa pagar a mais para ter uma cota de tráfego maior.

Os preços para smartphone estão aqui; os preços para modem 3G seguem abaixo, e não decepcionam – a velocidade reduzida é bem baixa, mas você tem a opção de manter o 1Mbps pagando por MB adicional.

Concorrência

Peraí, mas a TIM já vende planos ilimitados faz tempo, então qual a diferença? De fato, eles têm planos ilimitados de até 300Kbps, até 1Mbps e até 7Mbps, e não citam explicitamente nenhuma cota de tráfego. Mas, se você ler a letra miúda, vai ver que eles se reservam a reduzir sua velocidade caso você consuma demais o plano. O pior é que você não sabe quando isso acontece: quando chegar em 1GB? 500MB? Os limites são os mesmos para cada plano? UPDATE: O contrato da TIM agora tem um limite claro: "Para todos os Pacotes após o consumo de 1GB, a velocidade será reduzida para até 200Kbps até o período de faturamento subsequente." (No entanto, a cláusula segue escondida no site.) Na Vivo, você compra planos de até 1Mbps  e sabe quando a velocidade vai cair – e se você não souber, a operadora avisa você.

A Claro vendia planos semelhantes aos que a Vivo oferece agora: sem limite de consumo, apenas com redução de velocidade após atingir a cota – inclusive, este é o plano que estou usando agora no meu modem 3G. Mas aparentemente este não é mais o caso: no site da Claro, agora só são oferecidos planos de dados com limite de consumo e tarifa excedente.

Mapa 3G

A Vivo ainda oferece uma ferramenta que lembra o mapa 3G mencionado aqui há algum tempo, mas bem mais organizado: no mapa de cobertura, dá pra ver se há 3G no seu endereço, em vez de ouvir "no seu bairro tem sinal 3G" e torcer que na sua casa também tenha. Essa iniciativa já existe nos EUA, e é bom vê-la chegar ao Brasil.

No entanto, nossos maiores pedidos ainda não foram realizados: um plano de dados sem cota (por enquanto sonho), e um plano de dados pós-pago, para smartphone, desvinculado de um plano de voz – mas os planos de dados pré-pago estão chegando lá. Além disso, ainda existe a garantia de apenas 10% da velocidade contratada, então pode ser que a velocidade do plano fique longe do prometido 1Mbps – mas a Vivo foi a melhor operadora em São Paulo nos testes 3G da Info, e o Ministério Público Federal está tomando providências quanto a esses limites de velocidade. Estou otimista. [Vivo]