Todo dia nos deparamos com centenas de apps clonados na App Store e Android Market. A maioria deles pega a mesma jogabilidade de um app famoso, substitui alguns personagens, muda levemente o estilo do cenário e pronto: surge mais um Angry Bunnies ou Hungry Birds. Mas tudo fica muito mais pessoal quando um jogo é descaradamente roubado, principalmente quando a vítima é um desenvolvedor independente de 18 anos que acaba de lançar o seu primeiro game.

Além da frustração de ver outra pessoa lucrando com a sua ideia e o seu trabalho, a situação piora um pouco porque Mattia Traverso também estava desenvolvendo uma versão para iOS – o jogo é originalmente em flash -, ajustando os gráficos para se adaptarem melhor às telas dos dispositivos móveis e fazendo algumas pequenas modificações.

Por ter demorado um pouco para lançar, outro desenvolvedor aproveitou para enviar um clone para App Store e lucrar com as pessoas acreditando que se tratava de uma versão oficial. O desenvolvedor vietnamita que clonou o app (programando tudo do zero, é verdade) obviamente não teve essa preocupação e simplesmente estica as imagens e elementos do jogo original para caber na tela, além de ter modificado (e piorado) um pouco a jogabilidade.

Mattia Traverso foi um dos indicados ao Independent Games Festival na categoria de estudante. O jogo, One and One Story, que combina elementos de puzzle e plataforma e um visual que lembra um pouco Limbo, conta a história de um casal que precisa resolver vários quebra-cabeças para ficar junto novamente.

Por enquanto, o aplicativo ainda está disponível na App Store, mas esperamos que isso seja corrigido em breve e que o desenvolvedor que fez o clone não receba nenhum centavo pelas vendas. E para não ter que gastar seu rico dinheirinho em um app roubado, você pode jogar o original aqui (sem pagar nada por isso) ou acompanhar o twitter do criador original para saber quando ele vai lançar a versão 2.0, mais polida para dispositivos mobile. [TouchArcade]