O Touch Book da Always Innovating faz algo que eu nunca vi em um netbook: ele possui um teclado completamente destacável e se transforma de um netbook padrão de 8,9” para um tablet autossuficiente.

Encabeçado por Gregoire Gentil, o homem por trás do laptop e desktop Zonbu, o Touch Book é o seu mais recente projeto, e um dos mais promissores também. Gentil diz que o software e o hardware do Touch Book são inteiramente open source e prontos para modificações. Apesar do aparelho vir pré-carregado com um SO Touch Book personalizado, Gentil diz que esta máquian é capaz de rodar sistemas operacionais móveis tais como Android e Windows CE.

O hardware que eu vi não estava exatamente completo (o software foi demonstrado em um protótipo e o hardware final acima era apenas uma casca vazia para dar uma ideia do design), então eu não posso comentar muito sobre quão bem funciona o produto final, mas eu vi o suficiente para achar que isto será muito mais que vaporware.

O Touch Book é o primeiro netbook com um processador de 600MHz TI OMAP3 (feito baseado na tecnologia ARM), 256MB de RAM, acelerômetro de 3 eixos, um cartão microSD de 8GB para armazenagem e duas baterias que proporcionam até 15 horas de uso entre as cargas. A tela de 8,9” é capaz de exibir resoluções de até 1024×768 e usa um painel de toque resistivo. Tem também os dispositivos padrão de Wi-fi 802.11b/g/n e Bluetooth.

Como um tablet autossuficiente, o Touch Book mede mais ou menos 24 x 17,8 x 2,5cm e pesa uns 450g. Quando acoplado ao teclado, ele tem 3,5cm de espessura e pesa quase 1kg. Todas as entranhas do Touch Book, com exceção de uma das baterias, são alojadas dentro da porção tablet do aparelho, de forma que ele seja inteiramente funcional enquanto estiver destacado do teclado.

O chipset se encaixa em uma placa mãe mais ou menos do tamanho de uma ficha de arquivo (aqueles cartões antigos de biblioteca) e é bastante otimizado para obter o melhor desempenho com este hardware. Parte disto envolve empilhar a RAM diretamente sobre o processador em uma configuração de empacotamento. A tampa do Touch Book também é destacável, permitindo fácil acesso ao hardware e duas portas USB internas que você pode usar para dongles que você não queira deixar dependurados pela lateral do tablet.

Quanto ao software, o SO é baseado na plataforma Linux Open Embedded, mas é inteiramente personalizável para o hardware do Touch Book. Assim, o Touch Book tem a capacidade de lidar com vídeo em tela inteira, além de renderizar gráficos 3D OpenGL. Gentil diz que o Touch Book consegue rodar alguns dos mesmos jogos encontrados no iPhone e planeja oferecê-los no futuro.

O design da interface com o usuário do Touch Book depende de qual configuração se encontra o hardware. Quando acoplado ao teclado, o Touch Book usa uma interface com o usuário padrão, com cursor, que se parece com outros desktops Linux. No entanto, quando está no modo tablet, ele usa uma interface personalizada baseada no toque. A interface de toque é baseada em ícones esféricos que giram conforme você passa para o próximo. Os conteúdos são divididos em três categorias: rede, aplicativos e configurações.

Quanto aos aplicativos, o Touch Book virá tanto com Firefox quanto com Fennec (Mobile Firefox) e jogos que farão uso do acelerômetro, além de diversos tipos de aplicativos de produtividade e de rede, tais como processador de texto e programas de planilhas.

A Always Innovating planeja começar a vender o Touch Book ao final de maio ou início de junho, com o preço de 300 dólares só para o tablet ou 400 dólares para a combinação do tablet e do teclado. A pré-venda (só pros EUA) começará a partir da semana que vem e você pode pedir o seu Touch Book tanto em vermelho quanto em cinza escuro. Gentil diz que ele também gostaria de lançar futuras iterações que incluam suporte para GPS e banda larga móvel 3G. Abaixo, leia o press release. [Always Innovating]

 

NEW TOUCHBOOK COMBINES NETBOOK AND TOUCHSCREEN TABLET; PROVIDES THREE TIMES THE BATTERY LIFE AT UNDER TWO POUNDS

PALM DESERT, Calif. March 2, 2009: Always Innovating today unveiled the Touch Book, a versatile new device that works as both a netbook and a tablet thanks to a detachable keyboard and a 3D touchscreen user interface. The Touch Book, previewed at DEMO 09, weighs less than two pounds as a netbook and has a battery life of 10 to 15 hours – three times longer than most netbooks.

"The Touch Book is perfect for these tough economic times because you can use it in so many ways," said Gregoire Gentil, founder of Always Innovating and creator of the Touch Book. "You can use it as a netbook computer, a hand-held game device, or a video player. You can even reverse the keyboard to prop it up on a table in an inverted ‘V’. Finally, because it is magnetic, you can remove the keyboard and put the tablet on the fridge to serve as a kitchen computer or digital frame."

The Touch Book combines the best of open source software and open hardware with a sleek industrial design by designer Fred Bould. The innovative design includes internal USB plugs. "I hate having dongles hanging from my laptop – I often end up disconnecting them accidentally – so we opted to put the USB inside," said Gentil.

The Touch Book is the first netbook featuring an ARM processor from Texas Instruments, resulting in outstanding battery life, and a fan less, heat-and-noise-free system.

According to Chris Shipley, executive producer of the DEMO Conferences, the Touch Book’s innovative architecture and industrial design earned it a spot on the DEMO conference stage. "The longer battery life is a boon to netbook users. But the Touch Book’s versatility – its ability to function as a netbook as well as a standalone touchscreen tablet – makes it a breakthrough product," said Shipley

The Touch Book is expected to ship in late spring and will start at $299. Advance orders can be placed at http://www.alwaysinnovating.com/store/.