Para tornar o Snapchat atraente para pessoas mais velhas, o Snap planeja remodelar seu design “disruptivo” e isso pode irritar pessoas mais novas.

A companhia dona do app anunciou nesta quarta (8) em um relatório financeiro que está “remodelando nosso aplicativo para torna-lo mais fácil de usar”, porque “algo que ouvimos nestes anos é que o Snapchat é difícil de entender e de usar”.

E este é exatamente o caso. O Snapchat fez fama, em parte, porque ele era como um segredo que você poderia descobrir; o design esquisito funcionou como um aviso de “caia fora” para usuários mais velhos, e isso auxiliou na imagem do aplicativo enquanto redes como o Facebook se tornavam mais velhas e decididamente menos interessantes. Mas qualquer grande mudança pode afastar alguns dos 178 milhões de usuários diários do Snap – usuários que o Snap não pode se dar o luxo de perder se ele continuar a crescer apenas alguns milhões de usuários a cada três meses.

“Existe uma grande probabilidade que o redesign do nosso aplicativo será disruptivo ao nosso negócio em curto prazo”, alertou o Snap. “E ainda não sabemos como o comportamento da nossa companhia irá mudar quando começarmos a atualizar o app. Estamos dispostos a correr este risco para o que acreditamos ser benefícios fundamentais de longo termo ao nosso negócio”.

Dispostos ou não, este é um risco que o Snap precisa tomar. A companhia falhou em ampliar seu lucro com anúncios de forma considerável este ano, e seu hardware também não a salvará: Spectacles em “excesso” são custaram quase US$ 40 milhões ao Snap no último trimestre. Irritanto ou não seu público adolescente, o Snapchat precisa mudar.