Lembra aquele vídeo incrível mostrando o que os óculos do Google poderiam fazer? Aquele prometendo uma interface ultrafuturística de realidade aumentada para nosso dia a dia? Ficção científica vira realidade! Uhm, mas não vai ser assim, não. Pena.

A CNET visitou o Google e descobriu que o vídeo pode ter exagerado a forma como as informações seriam exibidas nos óculos. Em vez de uma visão do Exterminador do Futuro (ou do Homem de Ferro) como o vídeo mostra – assim como as paródias – o protótipo exibe informações apenas levemente acima do olho.

Apesar de o chefe do Google+, Vic Gundotra, não ter falado muito sobre os óculos durante uma entrevista esta manhã, uma discussão posterior com outro porta-voz confirmou que o conhecido protótipo – visto em Gundotra e no fundador do Google X Lab, Sebastian Thrun, em uma entrevista com Charlie Rose – mostra informações acima da linha de visão de quem o usa, “mais ou menos onde estaria a borda de um guarda-chuva”.

Como aponta a CNET, esta abordagem reduzida pode fazer mais sentido, tanto de um ponto de vista técnico como prático. Além disso, vale notar que todas as imagens que vimos do protótipo mostram que os óculos não cobrem totalmente seu campo de visão. Mas é difícil não ficar um pouco decepcionado. Pelo menos, há esperança: o Google diz à CNET que “ainda é muito cedo para saber quais serão as funções e a interface”. Há esperança. [CNET via Wired]