O fenômeno já tinha acontecido com o primeiro Galaxy S — que chegou no Brasil por R$2.399 oficiais — e nós já imaginávamos que aconteceria com seu sucessor: anunciado por R$1.999, o Galaxy S II tem preços diferentes em operadoras e varejistas. Confira as diferenças.

Nas operadoras, a variação de preço do Galaxy S II chega a ser estranha. Na Vivo, o aparelho é vendido por R$1.799 desbloqueado e pode custar até R$449 no plano Vivo Smartphone 1.000. Na TIM, o preço cheio do smartphone é R$1.824 e, com o fim da política de subsídios, a diferença do pré e do pós-pago é o número de parcelas (3 vezes de R$608 ou 12 vezes de R$191 com o plano TIM Liberty, respectivamente). A Claro tem o aparelho desbloqueado mais caro (R$2.089), mas pode sair por R$299 no plano Sob Medida 400. A Oi só começa a vender o aparelho no dia 15 de agosto.

No varejo, algumas lojas seguiram as palavras da Samsung — caso da Fnac e Submarino. A Americanas.com oferece o aparelho por R$1.799, desbloqueado, em até 12 vezes sem juros. No Extra, o aparelho já aparece como indisponível. A FastShop vende o aparelho por R$1.999 em parcela, mas, como de costume, oferece um desconto para pagamentos à vista (R$1.796).

No resumo: esqueça os R$1.999 se você pretende comprar o smartphone em qualquer operadora. Há diversos planos intermediários e possibilidades de conseguir um desconto mais digno. Mas se você pretende comprá-lo desbloqueado, ele doerá bastante no seu bolso — seja em uma vez só ou em várias parcelas. E então, caros leitores: os preços verdadeiros empolgam ou decepcionam?