Nós já vimos diversos mapas da população mundial, mas este aqui deve ser o mais bonito de todos. Linhas pretas simples traçam a densidade populacional por latitude, então algumas cidades, marcadas em amarelo, se destacam e sobem como arranha-céus por cima da terra. Não é muito diferente de uma versão cartográfica da ilustração de capa do disco Unknown Pleasures, do Joy Division.

Você pode ver o mapa em tamanho completo aqui.

James Cheshire, um geógrafo da University College London, foi o responsável pela criação do mapa em setembro passado. Como ele destaca em seu blog, a Ásia se destaca como uma série de picos densos e irregulares.

ku-xlarge (15)

Mas o mais interessante é o espaço negativo. A Austrália aparece como alguns pequenos pontos no que é a sua costa. A Sibéria quase não existe. E o Saara é um grande espaço em branco. Essas linhas abstratas representando pessoas também são um indicador indireto da geografia da Terra, demonstrando como nosso mundo construído foi formado pelo mundo natural.

No site de Cheshire, você pode comprar uma versão impressa do mapa.

Todas as imagens por James Cheshire