Nossos chapas do Tecnoblog conseguiram com exclusividade, graças a uma fonte anônima, acesso aos futuros lançamentos da subsidiária brasileira da Motorola. Para breve estão previstos dois novos Androids, o Atrix TV e o Motosmart, modelos intermediário e de entrada, respectivamente. E, olha… Esse Atrix TV tem todos os ingredientes para vender como água.

O Atrix TV, provável nome comercial do modelo XT682, é uma variação ou evolução do Motoluxe, anunciado na mesma época do já lançado Defy Mini. Ele traz processador de 1 GHz, tela de 4″ (resolução de 480×852), câmera traseira de 8 MP e frontal, bateria de 1700 mAh e Android 2.3 (meh). O que mudou de janeiro para agora?

O “TV” de Atrix TV, você já deve ter adivinhado, é porque ele vem com um receptor do sinal digital embutido junto com a indefectível anteninha. É a primeira vez que um Android mid-range para cima nacional aposta no recurso — antes dele, só o Galaxy S clássico, high-end da Samsung de 2010, tinha o recurso. A outra característica que distingue do Motoluxe de janeiro é a presença de dois slots para SIM cards. TV e dual SIM, definitivamente é para o mercado brasileiro. Só não entendemos, a exemplo do Rafa, do Tecnoblog, o porquê de terem o (re)batizado de Atrix TV — lembrando que ainda existe o “risco” de ele ser lançado como Motoluxe mesmo e pronto acabou.

Motorola Motosmart.

Já o Motosmart, promete ser um Android popular. As especificações não escondem isso: CPU de 800 MHz, tela de 3,5″ (resolução de 480×320), câmera de 3 MP e bateria de 1430 mAh. Ele lembra o Motosmart Flip, lançado no último fim de semana em alguns mercados selecionados.

Pelas especificações, cogita-se que o Atrix TV, que inclusive já foi homologado pela Anatel, deva ficar na faixa dos R$ 1.000~1.200. Não é exatamente barato, é bem caro perto dos xing-lings com TV analógica e suporte a múltiplos SIM cards, mas para quem não dispensa essas características e não quer deixar a qualidade de lado, o modelo desponta como única e interessante opção. Tem potencial. [Tecnoblog (2)]